Sociedade

Lisboa: Galdérias saem à rua em protesto

NULL
Versão para impressão
SlutWalk é um movimento de protesto contra a violência sexual que começou no Canadá, espalhou-se pelo mundo, e chega hoje a Lisboa. Homens e mulheres saem à rua para protestar contra a violência sexual e a responsabilização das mulheres.

Uma frase lançou a polémica: a melhor forma de uma mulher evitar ser violada é
“parar de se vestir como uma galdéria (slut em Inglês)”. O autor, Michael Sanguinetti, é agente da polícia em Toronto, no Canadá e partilhou esta ideia na Osgoode Hall Law School a 24 de janeiro, numa formação para ensinar as mulheres a evitarem a violência sexual.

A resposta não se fez esperar, com uma vaga de protestos que começou na mesma cidade mas depressa se espalhou pelo mundo, com centenas de mulheres vestidas a rigor, nas ruas das suas cidades, em protesto contra a violência sexual e a mentalidade daqueles que acham que são as mulheres que a “provocam”.

“Não é não” é a resposta das mulheres que se têm juntado em torno desta indignação global pelo direito a vestir o que lhes apetecer e pela repulsa por uma sociedade “que diz às mulheres para não serem violadas, em vez de dizer aos homens para não violarem”, explica a organização na sua página na internet.

Recorde-se que esta marcha surge em Portugal depois de, em maio, o Tribunal da Relação do Porto ter absolvido o psiquiatra João Villas Boas da acusação de violação a uma paciente grávida, por considerar que os atos não foram suficientemente violentos.

A concentração é às 17h30 no Largo de Camões de onde os manifestantes partirão em direção ao Rossio.

Veja AQUI a página da Slutwalk Lisboa.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório