Ambiente

Lisboa: Estufa Fria reabre em abril

A Estufa Fria, um dos mais importantes e emblemáticos espaços verdes da cidade de Lisboa, vai finalmente reabrir ao público após ter estado encerrada dois anos para obras de revitalização. A estrutura do espaço já está a salvo do risco de colapso e a
Versão para impressão
A Estufa Fria, um dos mais importantes e emblemáticos espaços verdes da cidade de Lisboa, vai finalmente reabrir ao público após ter estado encerrada dois anos para obras de revitalização. A estrutura do espaço já está a salvo do risco de colapso e a maioria das plantas sobreviveu à intervenção.

Embora o processo ainda não esteja concluído, já se notam diferenças – a cobertura, tal como as zonas laterais, foram substituídas. A Estufa Fria está agora mais iluminada: “A atmosfera inicial da estufa já cá não está – nem podia estar! A luz agora entra por todo o lado. Mas está tudo muito bem, está lindo. As plantas aguentam-se”, diz ao jornal Público o biólogo Fernando Catarino.

A grande preocupação da equipa que trabalhou na revitalização do espaço foram os danos que eventualmente seriam provocados no grande número de espécies vegetais únicas que ali se encontram. Contudo, o vereador do Ambiente, José Sá Fernandes, manifestou o seu agrado: “Estou muito satisfeito com o resultado final”.

Até ao momento, foram investidos cerca de 1,75 milhões de euros na intervenção de emergência da Estufa Fria. Contudo, a autarquia lisboeta irá desembolsar outros 600 mil euros para que, em setembro, seja vedado o perímetro do recinto com ripas de pinho idênticas às da cobertura, o que ajudará a escurecer outra vez a estufa, tornando-a mais acolhedora.

Sá Fernandes está confiante que não seja necessário voltar a encerrar a estufa nessa altura, prevendo condicionar apenas algumas zonas.

[Notícia sugerida pelo utilizador Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub