Ambiente Em Destaque

Lisboa e parceiros da hotelaria vão minimizar resíduos

A large building with the inscription hotel (done in 3d)
As grandes cidades europeias são alguns dos maiores destinos turísticos do mundo, mas algumas delas têm de lidar com uma população residente que atinge duas a dez vezes o seu número de população permanente durante a época alta do turismo. O protocolo com vista à implementação do Projeto Europeu Urban Waste na Cidade de Lisboa foi assinado no âmbito do programa Horizon 2020.
Versão para impressão
por redação

O consórcio de 28 parceiros, que vai desde autoridades locais e regionais, institutos de investigação e associações de gestão de resíduos, assumirá o desafio de desenvolver estratégias de prevenção e gestão de resíduos eco inovadoras e sensíveis ao género, reduzindo a produção de resíduos urbanos e melhorando a sua gestão em cidades com elevados níveis de atividade turística.

Além do estudo, que analisa como as atividades turísticas em conjunto com padrões urbanos, comportamentos sociais, estilos de vida e questões socioeconómicas podem influenciar o metabolismo das cidades, o projeto vai fornecer, ainda, um conjunto de ferramentas de tecnologias de informação e comunicação, assim como parceiros das cadeias de valor do turismo e dos resíduos, em torno da sua prática e das comunidades.

Onze cidades-piloto e regiões estarão na linha da frente do projeto, implementando as ferramentas e estratégias desenvolvidas: Tenerife (ES), Toscânia (IT), Kavala (GR), Copenhaga (DK), Lisboa, Ponta Delgada (PT), Nice, Cote D’Azur (FR), Nicosia (CY), Santander (ES), Syracuse (IT) e Condado de Dubrovnik-Neretva (HR).

Para o efeito, terá a Câmara Municipal de Lisboa como parceiros os Altis Hotels; o Azad, Lda; a Associação de Hotelaria de Portugal; o Turismo de Lisboa e a Sociedade Ponto Verde.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório