Literatura

Linha Azul – A luta ambiental da Quercus

NULL
Versão para impressão
A personagem principal de "Linha Azul" é um ativista do Grupo de Intervenção da Quercus, que conduz os seus amigos num conjunto atribulado de ações contra o derrube de sobreiros e a destruição de espaços naturais. A obra, da autoria do biólogo Helder Spínola, revisita os momentos mais marcantes da história da Quercus e apela a um futuro mais sustentável para Portugal.

Com a ajuda da Greenpeace, tenta impedir a importação de madeiras ilegais provenientes da Amazónia, abordando um cargueiro no porto de Leixões e bloqueando uma fábrica de móveis em Vale de Cambra.

Revisitando os momentos mais marcantes da história da Quercus e percorrendo Portugal até à ilha da Madeira, Pedro Silva cruza-se com as principais questões ambientais que marcaram o país nas últimas décadas.

Nesse percurso, surgem questões e reflexões que se misturam com a dinâmica do Grupo de Intervenção e com as relações que se desenham entre as personagens.

Numa contínua linha temporal, que percorre as últimas décadas e, por fim, dá um salto para o futuro, brevemente interrompida pela busca do passado, este romance faz a crónica de uma história de vinte e cinco anos da organização ambientalista mais ativa em Portugal.

"Linha Azul" [Chiado Editora] recria, de forma crítica, momentos reais que atormentaram profundamente a esperança de um percurso sustentável para Portugal e levanta a poeira que tende a assentar em torno de algumas polémicas ambientais.

O autor deste romance, Helder Spínola, foi presidente da Quercus entre 2003 e 2009. Este livro reflete a sua experiência e vivência ao longo de seis anos como presidente da Direção Nacional de uma das mais ativas e prestigiadas associações de defesa do ambiente em Portugal.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub