Negócios e Empreendorismo

Leixões atinge recorde de 8,5 milhões toneladas

O movimento de mercadorias no Porto de Leixões atingiu, no primeiro semestre de 2013, um valor recorde de 8,5 milhões de toneladas, representando um crescimento de 2% face ao período homólogo do ano anterior.
Versão para impressão
O movimento de mercadorias no Porto de Leixões atingiu, no primeiro semestre de 2013, um valor recorde de 8,5 milhões de toneladas, representando um crescimento de 2% face ao período homólogo do ano anterior.
 
Em comunicado, a administração do porto refere este valor de 8,5 milhões de toneladas de mercadores representa “um crescimento de 2% face ao período homólogo de 2012, alicerçado no aumento de 6% das exportações realizadas a partir de Leixões”.
 
A evolução do semestre foi positiva na carga fracionada (+30%), na carga contentorizada (+3%), nos granéis sólidos (4%) e no Ro-Ro (+137%). 
 
Por outro lado, verificaram-se quebras nos granéis agro-alimentares (-19%) e nos granéis líquidos (-2%), cuja evolução foi marcada pelas condições de mau tempo no início do ano e por uma paragem da refinaria em Maio. O movimento de contentores em TEU e em número registaram aumentos de 5% e 2%, respectivamente.
 
No que diz respeito às exportações, registou-se um aumento de 6% destacando-se o crescimento verificado nos produtos refinados (+18%) e no ferro (+12%). Angola, Argélia e Marrocos foram os países de destino que mais contribuíram para o crescimento das exportações.
 
Já em 2012, o Porto de Leixões tinha atingido um máximo histórico de 16,6 milhões de toneladas, refletindo um aumento de 23% nas exportações, face ao ano anterior, de 2011.

Notícia sugerida por Sandra Alves

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub