Negócios e Empreendorismo

Leiria vai explorar energia das ondas em 2015

Além de Peniche, também São Pedro de Muel terá uma zona piloto para a produção de energia das ondas. Estudada e definida em 2008, esta zona deverá entrar em funcionamento em 2015.
Versão para impressão

Além de Peniche, também São Pedro de Muel terá uma zona piloto para a produção de energia das ondas. Estudada e definida em 2008, esta zona deverá entrar em funcionamento em 2015, avança a Agência Lusa.

A zona piloto foi criada ao largo da praia de São Pedro de Muel (Leiria), para promover a energia renovável das ondas, potenciando o seu desenvolvimento tecnológico e a sua comercialização.

Em declarações à Agência Lusa, Teresa Simas, do Centro de Energia das Ondas, explicou que faltam “essencialmente” infraestruturas para a zona piloto de São Pedro de Muel entrar em funcionamento.

“Estão a ser feitos os cálculos de engenharia para instalação do cabo e o plano é que em 2015 o cabo esteja instalado e a zona possa começar a ser usada”, acrescentou a coordenadora do Departamento de Ambiente daquela organização privada sem fins lucrativos.

De acordo com o site oficial do projeto, a zona onde serão instalados os equipamentos ocupa uma área marítima de 320 km2 em profundidades entre os 30 e os 90 metros e a uma distância de cerca de 8 km da costa. 
 
Potencial e desafios

Teresa Simas evidenciou também o potencial de Portugal no desenvolvimento da energia das ondas, nomeadamente em águas profundas: Portugal dispõe do recurso em toda a costa ocidental, tem águas profundas próximas da costa, bem como infraestruturas (portos e estaleiros), tendo também pontos de conexão à rede elétrica e boa capacidade de conhecimento técnico e científico.

No entanto, a investigadora apontou algumas barreiras nomeadamente a morosidade dos processos de licenciamento, a falta de financiamento, os conflitos de uso (pescas, atividades de lazer, rotas de navegação e áreas de uso militar), problemas ambientais e ainda a perceção negativa do público, seja por falta de informação, seja pela descrença no setor.

Neste momento, Portugal está muito perto de começar a produzir energia através das ondas, nos Estaleiros Navais de Peniche (ENP) que estão a concluir a construção de um outro projeto-piloto para criação de energia elétrica através das correntes marítimas. A inauguração está prevista para esta Primavera.

Clique AQUI para aceder ao site do projeto piloto.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório