Sociedade

Leiria: empresas admitem pagar propinas aos bons alunos

Os empresários da região de Leiria admitiram já a hipótese de pagar as propinas dos melhores alunos do Instituto Politécnico de Leiria (IPL) como forma de premiar o seu mérito e de atrair estudantes empenhados para o município.
Versão para impressão
Os empresários da região de Leiria admitiram já a hipótese de pagar as propinas dos melhores alunos do Instituto Politécnico de Leiria (IPL) como forma de premiar o seu mérito e de atrair estudantes empenhados para o município.
 
Em declarações à Lusa, Jorge Santos, presidente da Associação Empresarial da Região de Leiria, Nerlei, referiu que, “neste momento difícil, é do interesse do IPL e dos empresários incentivar e atrair alunos”, pelo que estão a ser estudadas formas de “distinguir os melhores alunos, seja através de bolsas, pagamento de propinas, comparticipação de custos ou prémios anuais”.
 
Este incentivo, que pretende aproximar o meio académico do tecido empresarial da região, tem como objetivo atrair “os melhores alunos para a região”, já que, como referiu o presidente da Nerlei, “as boas escolas fazem bons alunos, mas também é verdade que os bons alunos fazem as escolas melhores”.
 
Vai ser assinado esta quinta-feira um protocolo entre o IPL, a Nerlei e a Associação Nacional da Indústria de Moldes (Cefamol) que prevê viabilizar, numa primeira fase, ações como visitas de estudo, estágios curriculares e extracurriculares (no Verão), bem como a realização de projetos comuns às três entidades.
 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub