Negócios e Empreendorismo

Leilões low-cost em novo espaço lisboeta

No Palácio do Correio Velho, na capital, abriu um local para leilões low-cost, onde serão vendidas a baixo custo peças de arte, design, vinhos, livros, entre outras.
Versão para impressão
Lisboa ganhou, esta semana, um novo espaço de leilões com caraterísticas muito peculiares. No Palácio do Correio Velho, na capital, abriu um local para leilões low-cost, onde serão vendidas a baixo custo peças de arte, design, vinhos, livros e até veículos motorizados, de acordo com informações avançadas pela leiloeira à agência Lusa. 
 
O objetivo é “realizar leilões com maior rapidez e rotatividade”, disponibilizando sem reserva e a preços baixos uma ampla oferta de objetos, desde mobiliário, porcelanas, faianças, marfins, vidros, pintura e escultura, segundo explicou uma das responsáveis do Palácio do Correio Velho, Benedita de Albuquerque.
 
Pretende-se, portanto, “possibilitar a venda de peças acessíveis de forma mais regular” e não haverá valor mínimo estipulado para venda. “Isto significa que são vendidas pelo valor que a praça dá, ou seja, no limite podem ser adquiridas por um euro”, apontou. Além disso, Benedita de Albuquerque esclareceu que as peças a leilão “não são antiguidades, mas decorativas ou de coleção”.
 
De acordo com a responsável, este facto “permite, na triagem de peças, quando a leiloeira é contactada por um vendedor, levar à praça objetos menos importantes. Neste novo espaço teremos também leilões de vinhos e de livros menos importantes”, revelou, acrescentando que, com esta novidade, o Palácio do Correio Velho pretende alargar o leque de público, tanto do lado dos compradores como dos vendedores.
 
Em relação ao mercado dos leilões, Benedita de Albuquerque salientou que se notou “há uns tempos um decréscimo no valor global das peças, principalmente na arte moderna e contemporânea” mas “o mercado estabilizou e hoje em dia tem-se vendido até uma percentagem superior de lotes nos leilões”.
 
Este espaço dedicado aos leilões low-cost foi batizado Emporium e localiza-se na Rua Abílio Lopes do Rego. O primeiro leilão deste género realizou-se na tarde desta quinta-feira.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes e Sofia Baptista]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório