Sociedade

Lançada base de dados em estudos sobre as mulheres

O Centro de Estudos das Migrações e das Relações Interculturais (CEMRI) da Universidade Aberta lança esta quarta-feira, em Lisboa, a Base de Dados em Estudos sobre as Mulheres, uma plataforma que reúne monografias, trabalhos académicos e livros publi
Versão para impressão
O Centro de Estudos das Migrações e das Relações Interculturais (CEMRI) da Universidade Aberta lança esta quarta-feira, em Lisboa, a Base de Dados em Estudos sobre as Mulheres, uma plataforma que reúne monografias, trabalhos académicos e livros publicados em Portugal acerca do tema.

A iniciativa pretende agregar a bibliografia existente no país entre 1998 e 2005, mas também dar resposta ao crescente interesse pelo tema.

“Em 1998, era muito difícil encontrar coisas em Portugal nas livrarias”, mas “em dois, três anos, a coisa mudou de tal maneira que já tínhamos uma secção de livraria em que era possível procurar a categoria de estudos de género”, refere à agência Lusa Patrícia Mendes, investigadora do CEMRI.

Patrícia Mendes frisa a importância de obter financiamento e estimular o intercâmbio entre os centros universitários, de forma a que seja possível expandir a base de dados a partir de 2005.

Qualquer pessoa pode aceder à base, pois esta foi “feita de forma bastante acessível” e está disponível no site da Universidade Aberta (http://www.univ-ab.pt/cemri_esm/).

A sessão de apresentação da Base de Dados em Estudos Sobre as Mulheres decorre hoje, às 17h00, na Sala de Atos da Universidade Aberta, e será presidida pelo reitor desta universidade, Carlos Reis, contando com a presença da secretária de Estado da Igualdade, Elza Pais, da presidente da Associação Portuguesa de Estudos sobre as Mulheres, Teresa Pinto, e da coordenadora do CEMRI, Ana Paula Beja Horta.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub