Sociedade

Júri do Prémio Nobel de Economia distingue português

O júri do Prémio Nobel de Economia distinguiu um português com o prémio Wallander do Handelsbanken of Sweden. O galardão resulta de um processo de seleção das melhores teses de doutoramento na área da Economia e Gestão.
Versão para impressão
O júri do Prémio Nobel de Economia distinguiu um português com o prémio Wallander do Handelsbanken of Sweden. O galardão resulta de um processo de seleção das melhores teses de doutoramento na área da Economia e Gestão, por indicação das mais importantes universidades suecas.
 
Francisco Lemos, docente convidado da Faculdade de Economia e Gestão da Católica Porto e coordenador científico do curso executivo em Gestão Internacional da Católica Porto Business School, venceu o prémio no valor de cerca de 165.000 euros.
 
Em comunicado enviado ao Boas Notícias, a Universidade Católica do Porto, revela que a vitória do docente “possui uma importância singular, tendo em conta que, em edições anteriores, este prémio não foi atribuído, uma vez que não foi ratificado pelo comité o mérito das teses dos vários candidatos”.
 
O prémio Wallander tem como objetivo incentivar o desenvolvimento do tema de investigação da tese de doutoramento, mas também reconhecer a carreira académica do investigador.
 
Um aluno do MBA Internacional, programa da Católica Porto Business School, também foi reconhecido além-fronteiras. Fernando Guedes foi eleito responsável pela Global SMT Manufacturing Technology Team da multinacional norte-americana Delphi.

Trata-se do primeiro colaborador da multinacional, de cidadania não americana, a ser eleito responsável global por um processo.  

 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub