Inovação e Tecnologia

Jovens portugueses lançam rede social de música

Dois jovens empreendedores portugueses lançaram, no passado dia 10 de Setembro, uma rede social especializada e exclusivamente dedicada à música de Portugal. A plataforma MAPA quer ser "a peça que faltava" nesta indústria "aproximando a oferta da pro
Versão para impressão
Dois jovens empreendedores portugueses lançaram, no passado dia 10 de Setembro, uma rede social especializada e exclusivamente dedicada à música de Portugal. A plataforma MAPA quer ser “a peça que faltava” nesta indústria “aproximando a oferta da procura”.
 
Existem inúmeros projetos de qualidade que, por falta de meios, têm dificuldade em expor a sua arte e ainda procuram a sua oportunidade. Ao mesmo tempo, são várias as entidades a querer contratar artistas para atuar, mas com um conhecimento redutor dos músicos existentes à sua volta. É para esse público que a nova rede social se direciona, na perspetiva de um promover um país com mais talento.
 
O objetivo da nova rede social é “aproximar a oferta da procura, com a criação de uma plataforma onde, além de artistas, bares, discotecas, também estão presentes produtoras, lojas, escolas de música, managers, estúdios, editoras, fabricantes, distribuidores,  ou seja, toda a indústria da Música.”
 
O conceito assenta, como o nome indica, num sistema de imagem de satélite do território nacional. O cliente que adere à plataforma, no caso de ser um artista, fica geolocalizado com dados como género musical, nome da banda ou projeto, site ou página de Facebook e  reprodução automática de uma ou mais músicas, consoante o pacote escolhido. 
 
Os bares e outros espaços que recebam e promovam eventos vão estar também sinalizados no Mapa Música daquela plataforma, tornando mais fácil a comunicação destes com os artistas. Entre outros exemplos práticos, a nova rede facilita também a contratação de um artista, que uma escola de música dê a conhecer as suas formações diretamente ao seu público e a divulgação das promoções de uma loja de música. 
 
“Ao contrário das outras redes, onde coexistem milhões de pessoas com diferentes interesses, nesta rede são todos público-alvo uns dos outros”, referem os promotores desta iniciativa, em comunicado enviado ao Boas Notícias. 
 
A rede MAPA agrega ainda outros serviços, interligados entre si, como é o caso da loja online, onde é possível vender músicas, merchandising e outros equipamentos. 
 
A plataforma está prevista agregar toda a indústria musical de Portugal, “formando uma rede empresarial onde todos vão poder interagir entre si ao mesmo tempo que alcançam uma maior visibilidade e um volume de negócio acrescido”.
 
Desde os primeiros passos, o Mapa Música de Portugal recebeu o apoio de alguns dos nomes mais conceituados da música nacional, como foram os casos de Paulo Gonzo, Rui Reininho, Filipe Pinto, Pete tha Zouk e os The Black Mamba. 

Clique AQUI para aceder ao MAPA e AQUI para acompanhar página de Facebook desta rede social.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub