Mundo

Jornalista reúne percussionista sem-abrigo com Santana

É a história que está a comover o mundo neste Natal. Enquanto preparava a história de uma nova reportagem, um jornalista de São Francisco conheceu Marcus Malone, o sem-abrigo que outrora foi o percussionista da banda original de Carlos Santana. O rep
Versão para impressão
É a história que está a comover o mundo neste Natal. Enquanto preparava a história de uma nova reportagem, um jornalista de São Francisco conheceu Marcus Malone, o sem-abrigo que outrora foi o percussionista da banda original de Carlos Santana. O repórter acabou por conseguiu reunir os dois amigos, separados há várias décadas mas que agora até vão voltar a gravar juntos. 
 
Marcus 'O Magnífico' Malone, como era conhecido, vivia nas ruas de Oakland há já mais de 40 anos. Conheceu Stanley Roberts, da KRON-TV, um dia em que este ali foi para gravar mais um excerto para a peça sobre despejos ilegais.
 
Contou-lhe que, antes de ir viver para a rua, fazia parte da banda de blues de Carlos Santana. Dizia até que, a banda original do famoso guitarrista teve o seu começo na garagem da casa onde vivia com mãe, no final dos anos 60. Embora um pouco cético relativamente às afirmações do sem-abrigo, Stanley acabou por confirmar a história e, na passada sexta-feira, levou Santana para fazer uma surpresa ao velho amigo. 


“Não imaginas o medo que tenho de que estejas a ver”, disse o sem-abrigo depois de abraçar a estrela do Passeio da Fama. O guitarrista, por seu lado, respondeu: “Nós admiramos-te. É uma honra estar na tua presença”. 

Malone tocou congas na banda de Santana até 1968, altura em que foi acusado de homicídio e enviado para a prisão de San Quentin. Desde então passaram quatro décadas e meia e os dois amigos nunca mais se voltaram a encontrar. 
 
O vídeo da reunião dos dois músicos tornou-se viral desde que foi divulgado pela estação de televisão de São Francisco onde Stanley Roberts trabalha e Santanta já revelou que quer voltar a trabalhar com Marcus 'O Magnífico', garantindo que o vai tirar das ruas e voltar a entrar com ele num estúdio de gravação.

Em entrevista à CNN sobre o feliz reencontro, Carlos Santana revela o desejo que surgisse um meio de comunicação informativo que divulgasse apenas “notícias positivas e acontecimentos que dão provas da compaixão das pessoas”.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub