Gastronomia

Já há licores com sabor a pastel de nata e arroz doce

Depois do primeiro gin Tinto do mundo, a empresa Decanter, com sede em Valença, lança no mercado uma coleção de seis licores com "sabor a Portugal". As encomendas já chegam do Canadá.
Versão para impressão
Depois do primeiro gin Tinto do mundo, a empresa Decanter, com sede em Valença, lança no mercado uma coleção de seis licores com "sabor a Portugal". As encomendas já chegam do Canadá. 
Ervas aromáticas, perico (nome de uma pera minúscula endémica de Valença), chocolate e ginja, pastel de nata e arroz doce.  São estes os seis licores que integram a coleção “Cantares de Portugal” que a empresa minhota acaba de lançar.
 
João Guterres, o mentor do primeiro gin Tinto do mundo, é um homem da raia portuguesa. Ali, na fronteira entre Valença e Tui, nas margens do rio Minho, o perito em gastronomia e sabores recolhe as ervas que dão cheiro aos seus produtos. 
 

Image and video hosting by TinyPic


“Há uns 5 anos comecei a investigar os licores que, na Galiza, é uma arte muito desenvolvida”, conta ao Boas Notícias. No fundo, o licor é “uma aguardente aromatizada com ervas aromáticas e enriquecida com calda de açúcar, com uma graduação que ronda os 50º e que fica mais fácil de beber”, acrescenta o empresário valenciano.
 
Assim, depois do sucesso do gin Tinto, feito com 14 frutos e bagos, entre eles o famoso perico que João Guterres faz questão de proteger e promover, o gastrónomo decidiu lançar uma nova coleção de bebidas 'magicadas' por si. 
 
O empresário adianta que foram produzidas 1.000 garrafas de cada sabor, num total de 6.000 unidades de licor, que começaram a ser distribuídas na semana passada, sobretudo nas lojas dos aeroportos. 
 
Mas João Guterres adianta que já há “uma procura muito grande” lá fora, tendo recebido encomendas para enviar o licor de pastel de nata para um dos maiores mercados da saudade: o Canadá. 
 
As garrafas vêm acompanhadas com versos de “poetas portugueses da minha eleição como Camões, Fernando Pessoa, Florbela Espanca e Cesário Verde”, conta o empresário. O grafismo dos novos licores foi desenhado pelas noras de João Guterres que, de resto, compõem o departamento gráfico desta empresa familiar. 

Um livro de receitas com história e um novo gin
 
Além dos seis licores com sabor a Portugal, a Decanter está a trabalhar, há vários meses, num novo Gin, o ALMA, em homenagem à lusofonia, que deverá ser lançado a tempo do próximo Natal. A nova bebida branca contém a “combinação de 50 botânicos oriundos dos territórios da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP), pelo que está a revelar-se um desafio em termos de afinação”.
 
Por fim, João Guterres está ainda a finalizar a edição do livro “Valença à mesa: receitas com história”. “Eu venho da área da cozinha e fiz muitos anos de investigação”, explica o gastrónomo que preside à Confraria da Lampreia do Rio Minho. “Para mim uma receita é muito mais do que uma descrição de quantidades, por detrás há sempre uma história e é isso que está nas páginas deste livro que contém 170 pratos da região e também algumas receitas raianas”, revela. 
 
Enquanto o livro não chega às bancas há sempre a hipótese de adoçar as refeições com um dos novos licores, há venda por um preço recomendado de 17 euros por garrafa.

Notícia sugerida por Maria Pandina

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório