Ambiente

Itália: Vendidas mais bicicletas que carros em 2011

Pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial, os italianos compraram, em 2011, mais bicicletas do que carros. A notícia é avançada pelo jornal La Repubblica, que escreve que, o ano passado, se venderam mais 2.000 bicicletas do que automóveis.
Versão para impressão
Pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial, os italianos compraram, em 2011, mais bicicletas do que carros. A notícia é avançada pelo jornal La Repubblica, que escreve que, o ano passado, se venderam mais 2.000 bicicletas do que automóveis, considerando o facto “uma grande mudança”. 
 
De acordo com informações do periódico italiano, em 2011, os cidadãos compraram 1,75 milhões de bicicletas, ao passo que a compra de carros caiu até aos níveis de 1964, ano em que a aquisição de automóveis tinha atingido um mínimo recorde.
 
Embora a Itália não disponha de uma rede de ciclovias e os centros das grandes cidades continuem a ser dominados por carros e motas, a queda da venda de veículos em consequência da crise económica e o aumento do preço dos combustíveis está a voltar a colocar “na moda” as bicicletas, uma alternativa mais barata e ecológica.
 
Segundo o La Reppublica, esta é uma “grande mudança para um país onde a taxa de propriedade de veículos é uma das maiores do mundo: cerca de 60 carros por cada 100 pessoas”, e a tendência continua a aumentar, já que, só este ano, já se venderam 2 milhões de bicicletas.
 
Giorgio Napolitano, presidente italiano, apelou já às empresas e cidadãos italianos que ajudem o país a seguir o exemplo de outros países europeus que têm apostado nos meios de transporte sustentáveis, convidando as fabricantes de automóveis a investir nos veículos elétricos.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório