Mundo

Irlanda: Uma carta ao Pai Natal com 100 anos

NULL
Versão para impressão

Um irlandês acaba de descobrir, cem anos depois, uma carta que a sua mãe tinha escrito ao Pai Natal quando era criança. O documento foi encontrado na chaminé da casa onde a mulher tinha vivido, na sequência de umas obras feitas pelo atual dono.

A carta, bastante deteriorada, foi fechada em 1911 e permaneceu escondida na chaminé de uma casa de Dublin até 1991, quando o atual dono da residência, John Byrne, instalou um novo sistema de aquecimento central.

Dez anos depois do curioso achado, o homem decidiu esta semana publicar a carta no jornal Irish Times, e foi assim que o filho da autora, Victor Bartlem, que vive a mais de 150 km de Dublin, teve conhecimento da carta.

A mãe de Victor Bartlem, Hannah Howard, escreveu na sua carta de Natal a sua lista de desejos para o Pai natal. Nesse ano, Hannah pediu “um bebé chorrão, uma capa impermeável com capuz, um par de luvas, uma maçã caramelizada, um penny de ouro e um caramelo grande”.

“Simplesmente não podia acreditar, foi impressionante, e é uma carta amorosa, típica de uma menina”, disse Victor ao jornal irlandês, reagindo à descoberta.
 
Hannah nasceu no dia de Natal em 1900. Bartlem diz que sua mãe se casou com seu pai, Alfred Bartlem, em 1931. Hanna teve dois filhos, Howard e Victor, e faleceu em 1978.

Clique AQUI para ler o artigo do Irish Times e ver fotos da carta.

[Notícia sugerida por Elsa Martins]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório