Sociedade

Iranianos que pedalam pela paz passam por Lisboa

Dois ciclistas iranianos que se encontram numa jornada internacional por um mundo melhor passaram esta semana por Lisboa e plantaram uma oliveira como símbolo da paz. Foi mais uma paragem de uma viagem de bicicleta que soma já dez mil quilómetros e s
Versão para impressão
Dois ciclistas iranianos que se encontram numa jornada internacional por um mundo melhor passaram esta semana por Lisboa e plantaram uma oliveira como símbolo da paz. Foi mais uma paragem de uma viagem de bicicleta que soma já dez mil quilómetros e segue agora para França.

Os dois ciclistas iranianos querem alertar pessoas e instituições dos países por onde passam para a necessidade de valorizar a paz, a amizade, um estilo de vida saudável e a defesa do ambiente.

“O objetivo desta viagem é a amizade e as relações cordiais entre todos os países. Queremos que o mundo preste atenção a estes valores”, disse à Agência Lusa um dos ciclistas, Abdollah Mesbah.

Na sua passagem por Lisboa, os dois ciclistas plantaram um oliveira no jardim das instalações do Comité Olímpico de Portugal (COP), como símbolo das relações de amizade entre os dois países.

Abdollah Mesbah, um reformado do exército, e Keramat Aziz Zadeh, dono de um restaurante, passaram pela Turquia, Grécia, Itália e Espanha antes da chegada a Portugal. Seguem agora para França, depois Bélgica, Dinamarca, Noruega, Suécia e Holanda.
 
Se conseguir os vistos necessários, a dupla de ciclistas pretende ainda pedalar no Canadá, Estados Unidos, América Latina, Japão e China antes de regressar ao Irão.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub