Sociedade

Invisuais com centro para treinar tarefas diárias

Limpar o pó com produtos adequados, fazer a barba ou cozinhar são algumas das atividades quotidianas que os cegos do distrito de Viseu poderão treinar num centro inovador que inaugurou na sede da delegação da ACAPO, avança a agência Lusa. Até ao fim
Versão para impressão
Limpar o pó com produtos adequados, fazer a barba ou cozinhar são algumas das atividades quotidianas que os cegos do distrito de Viseu poderão treinar num centro inovador que inaugurou na sede da delegação da ACAPO, avança a agência Lusa. Até ao fim do ano, a associação espera inaugurar centros semelhantes em Lisboa e em Coimbra.

O presidente da delegação de Viseu da Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal (ACAPO), Humberto Abrunhosa, explicou que o Centro de Treino em Atividades da Vida Diária, que inaugurou sexta-feira, não é mais do que um apartamento adaptado para pessoas portadoras de deficiência visual.

Projetado a pensar na habilitação de todas as pessoas com deficiência visual, e em particular nas que perderam a visão recentemente, no novo Centro serão exploradas situações referentes à alimentação, higiene pessoal, segurança, atividades domésticas e vestuário.

“Criámos uma habitação num espaço da sede da delegação de Viseu da ACAPO, composto por sala, cozinha, quarto e casa de banho, para que os utentes possam adquirir competências nas atividades da vida diária”, informou.

Segundo Humberto Abrunhosa, o centro terá técnicos especializados para ajudar os utentes a desenvolverem “as atividades básicas do dia a dia das pessoas ditas normais”.

Divididos em grupos de quatro a seis elementos, “vão aprender e treinar como se faz uma cama, a barba, a pôr a mesa, cozinhar ou limpar o pó com produtos adequados”.

Se o invisual sentir necessidade, o técnico especializado poderá mesmo deslocar-se até à sua residência, para que seja ensinado e treinado a fazer as tarefas diárias no seu domicílio.

Na opinião do presidente da delegação de Viseu da ACAPO, trata-se “um projeto inovador, único do país, que vem tentar minimizar lacunas existentes na área”.

O Centro de Treino em Atividades da Vida Diária entrará em funcionamento dentro de uma a duas semanas e vai servir cerca de 400 invisuais do distrito de Viseu.

O investimento rondou os 35 mil euros, financiados em 70 por cento pelo Instituto Nacional para a Reabilitação e os restantes 30 por cento pela ACAPO de Viseu.

Até ao final do ano, a ACAPO espera inaugurar outros dois centros de AVD´s nas cidades de Coimbra e Lisboa, segundo revela o Presidente da Direção Nacional, Carlos Lopes.

[Notícia sugerida pela utilizadora Raquel Baêta]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório