Ciência

Investigadores russos ganham Nobel da Física

O Nobel da Física foi hoje atribuído aos investigadores russos André Geim e Konstantin Novoselov, da Universidade de Manchester (Reino Unido), anunciou em Estocolmo o comité do Prémio Nobel.
Versão para impressão
O Nobel da Física foi hoje atribuído aos investigadores russos André Geim e Konstantin Novoselov, da Universidade de Manchester (Reino Unido), anunciou em Estocolmo o comité do Prémio Nobel.

Os investigadores têm realizado estudos sobre o grafeno, uma forma de carbono que está registado como o melhor condutor de calor e que poderá ajudar a trazer grandes avanços à eletrónica, como sublinha o comité em comunicado, justificando a distinção.

Geim e Novoselov recebem o Prémio Nobel da Física “pelas suas experiências fundamentais sobre o material bidimensional”, matéria de carbono super fina, acrescentou o secretário do Comité Nobel da Academia Sueca de Ciências, Staffan Normark.

O primeiro prémio Nobel da Física foi entregue em 1901 a Wilhelm Rontgen pela descoberta dos Raio-X, de acordo com o site oficial nobelprize.org.

O prémio de 10 milhões de coroas suecas, cerca de um milhão de euros, é o segundo prémio Nobel concedido este ano depois de ter sido atribuído ontem o Nobel da Medicina para o criador da técnica de fertilização in vitro.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório