Sociedade

Investigação lusa nas finais dos World Technology Awards

Uma investigação portuguesa está entre os cinco finalistas dos World Technology Awards, na categoria de entretenimento. O interface 't-words' pode ajudar a combater problemas de literacia nas crianças e é o primeiro projeto luso a chegar às finais de
Versão para impressão
Uma investigação portuguesa está entre os cinco finalistas dos World Technology Awards, na categoria de entretenimento. O interface 't-words' pode ajudar a combater problemas de literacia nas crianças e é o primeiro projeto luso a chegar às finais desta iniciativa mundial.
 
Desenvolvida na Universidade do Minho, a 't-words' é uma tecnologia constituída por blocos físicos que podem ser gravados e recombinados, dando origem a diferentes combinações sonoras.

Desta forma, os mais novos têm oportunidade de participar em diferentes atividades como, por exemplo, a construção de rimas e a exploração da sonoridade de palavras e frases, ao mesmo tempo que desenham e criam pequenas narrativas visuais e sonoras. 

 
As dinâmicas podem decorrer individualmente ou em grupo, sem necessidade de computador e idealmente no contexto da sala de aula, e podem ter particular efeito no combate a problemas de literacia nas crianças. 
 
Desenvolvido no laboratório engageLab da Universidade do Minho, pelos investigadores Cristina Sylla, Sérgio Gonçalves, Pedro Branco e Clara Coutinho, o interface está agora nomeado para as finais dos World Technology Awards. O objetivo é distinguir “os trabalhos que estão a criar o século XXI e que serão, provavelmente, os mais importantes a longo prazo nas suas áreas”. 
 
“Dada a ênfase do ‘t-words’ na exploração sonora, pensamos que poderá incentivar de forma lúdica o desenvolvimento e a sensibilidade fonológica, ajudando as crianças a adquirir aptidões ligadas à literacia”, explica Pedro Branco, em comunicado enviado ao Boas Notícias. 
 
Os World Technology Awards são promovidos pela World Technology Network, em parceria com a televisão norte-americana CNN, o National Association of Securities Dealers Automated Quotations (NASDAQ) e das revistas 'Time', 'Fortune' e 'Science', entre outros. Os vencedores do concurso são anunciados a 15 de Novembro, numa cerimónia a realizar no edifício da Time-Life, em Nova Iorque, EUA.
 
O 't-words' venceu recentemente o primeiro prémio na principal conferência mundial sobre entretenimento digital interativo – a International Conference of Advances in Computer Entertainment, realizada no Nepal.

A categoria a que agora concorre, do outro lado do Atântico, já foi ganha, em edições anteriores, pelos responsáveis da Napster, Sony Computer Entertainment, ECCO Design e Zynga.

Notícia sugerida por Maria Pandina e Maria da Luz

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub