Inovação e Tecnologia

Internet: Já é possível tirar um curso em Hogwarts

Já é possível tirar um curso na escola mais cobiçada de sempre, a mesma onde estudo Harry Potter e onde decorreram algumas das aventuras mais marcantes da literatura. Hogwarts é, agora, uma possibilidade para todos aqueles que estiverem interessados
Versão para impressão
Já é possível tirar um curso na escola mais cobiçada de sempre, a mesma onde estudo Harry Potter e onde decorreram algumas das aventuras mais marcantes da literatura. Hogwarts é, agora, uma possibilidade para todos aqueles que estiverem interessados em estudar magia e feitiçaria, através de uma plataforma online criada por fãs da saga de J.K. Rowling.
 
Em 'Hogwarts is here', a ficção torna-se realizadade, graças à possibilidade de tirar cursos gratuitos de nove semanas, sendo que estes contam com disciplinas tão icónicas como Poções e Feitiços, Transfiguração e Encantamentos.  
 
A oportunidade foi criada a pensar naqueles que sempre sonharam com o dia em que uma coruja lhes entregaria uma carta com o selo da Escola de Magia e Feitiçaria de Hogwarts, a informá-los da sua admissão. Sob a forma de universidade online, a plataforma oferece manuais de treino completos e até testes avaliados com notas verdadeiras. 
 
Tal como no universo de J.K. Rowling, os estudantes vão ser premiados ou penalizados na pontuação das suas respetivas casas – Gryffindor, Hufflepuff, Ravenclaw e Slytherin. Os bónus podem ser adquiridos com trabalhos-extra ou até testes diários sobre a saga. 
 
Haverá também um jornal – 'Daily Owl' – a dar a conhecer as notícias alusivas àquela escola única, gerido pelos alunos interessados, bem como clubes e dormitórios virtuais.
 
Para se inscreverem nesta prestigiada instituição, versão online, basta fazer o registo no site dedicado, sendo depois emitida uma carta de admissão. Segue-se a escolha do Chapéu Selecionador sobre qual casa os novos alunos devem integrar e eis que sete anos de ensino em magia e feitiçaria, comprimidos em nove meses, estão prontos a arrancar. 
 
E porque nada pode ficar de fora nesta iniciativa inédita, também o banco Gringotts marca presença em 'Hogwarts is here', sendo que os alunos podem ser reconhecidos com galeões, a moeda dos feiticeiros, consoante o seu desempenho académico. O prémio visa, depois, a compra de livros novos e materiais essenciais como caldeirões, varinhas, vassouras, animais, entre outros.

Até à data já se encontram registados cerca de 168.000 alunos, distribuídos pelas quatro casas de feiticeiros. 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub