Inovação e Tecnologia

Internet: crianças portuguesas correm menos riscos

Os jovens portugueses são os que menos riscos correm online, de acordo com um estudo europeu, o EU Kids Online II, realizado este ano a mais de 23 mil crianças e jovens europeus entre os 9 e os 16 anos- sobre os riscos e segurança na internet.
Versão para impressão
Os jovens portugueses são os que menos riscos correm online, de acordo com um estudo europeu, o EU Kids Online II, realizado este ano a mais de 23 mil crianças e jovens europeus entre os 9 e os 16 anos- sobre os riscos e segurança na internet.

Cerca de 12% das crianças europeias dos 9 aos 16 anos dizem que já se sentiram incomodadas ou perturbadas por alguma coisa na internet. Portugal encontra-se abaixo desta média europeia com apenas 7% das crianças portugueses referiram terem-se já sentido em risco.

Os jovens portugueses estão, contudo, entre os que mais usam a internet (78%), fazendo-o maioritariamente a partir dos quartos.

De acordo com o EU Kids Online, Portugal é ainda um dos países onde mais crianças e jovens declaram já ter sentido bastantes vezes que estavam a fazer um uso excessivo da internet (49%), muito acima da média europeia (30%).

A Turquia e a Itália, são a par com Portugal os países com menor incidência de risco da Internet.

Para consultar todos os dados deste estudo e saber mais sobre as tendências de utilização pelos mais novos na internet clique aqui.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório