Sociedade

Inovações portuguesas premiadas com 50 mil euros

"Orquestra XXI", o projeto que vai reunir 40 músicos da diáspora numa digressão por Portugal, foi o vencedor da 2.ª edição do FAZ. Trata-se de uma iniciativa para promover o empreendedorismo, que premiou três projetos com um total de 50 mil euros.
Versão para impressão
“Orquestra XXI”, o projeto que vai reunir 40 músicos da diáspora numa digressão por Portugal, foi o vencedor da 2.ª edição do FAZ – Ideias de Origem Portuguesa. Trata-se de uma iniciativa que pretende promover o empreendedorismo e que premiou, esta quinta-feira, três projetos inovadores com um valor total de 50 mil euros.

O projeto vencedor vai juntar 40 músicos portugueses de renome, que integram as melhores orquestras do mundo, numa digressão por Portugal, que vai arrancar no dia 4 de Setembro na Casa da Música do Porto. Segundo a Lusa, o objetivo do projeto é que, além dos concertos, os músicos ajudem ainda a dinamizar academias de música nacionais.

O segundo lugar do concurso foi atribuído ao projeto “Fruta Feia”, que pretende combater o desperdício alimentar através da venda de frutas e hortaliças que não têm escoamento devido aos seus problemas meramente estéticos.

Para combater a ineficiência do mercado, tendo em conta que todos os anos são desperdiçadas, por questões meramente estéticas, 30% das hortaliças e fruta produzidas, o projeto vai desenvolver parcerias com produtores locais e regionais, permitindo que os produtos sejam vendidos a preços mais baratos em espaços específicos. 

Em terceiro lugar ficou o projeto de revitalização do espaço urbano “Rés-do-Chão”. De acordo com a Lusa, a iniciativa “Rés-do-Chão” é da responsabilidade de quatro arquitetas que propõem revitalizar o espaço urbano desocupado, nomeadamente os pisos térreos, para dinamizar as ruas e reabilitar as cidades.

Concurso premeia portugueses que vivem no estrangeiro

Ao vencedor do concurso foi atribuído um prémio de 25 mil euros que vai permitir a implementação do projeto, ao passo que o segundo e terceiro lugares receberam prémios no valor de 15 mil e 10 mil euros, respetivamente.

O concurso Ideias de Origem Portuguesa é uma iniciativa da Fundação Gulbenkian e da associação empresarial COTEC Portugal destinada aos portugueses que vivem no estrangeiro e que visa fortalecer a ligação da diáspora a Portugal.

Esta 2ª edição  recebeu um total de 75 candidaturas provenientes de vários países tais como a China, os Emirados Árabes Unidos, Brasil, Suíça, Reino Unido, Espanha ou Alemanha.

Saiba mais sobre os projetos vencedores AQUI

Notícia sugerida por Ana Freitas

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub