Mundo

Inglaterra vai proibir animais selvagens nos circos

O governo britânico prepara-se para banir a utilização de animais selvagens em espetáculos circenses depois de uma longa campanha promovida por políticos conservadores e por grupos de defesa dos animais.
Versão para impressão
O governo britânico prepara-se para banir a utilização de animais selvagens em espetáculos circenses depois de uma longa campanha promovida por políticos conservadores e por grupos de defesa dos animais. A proibição deverá entrar em vigor em Inglaterra a partir de 1 de Dezmebro de 2015.
 
De acordo com o jornal The Guardian, o plano é que seja considerada uma ofensa à lei a exibição e participação destes animais nos circos itinerantes naquele país. Desde 2011 que a medida tem sido requisitada, mas, inicialmente, os governantes tinham receio de possíveis queixas por parte dos responsáveis circenses.
 
A nova legislação deverá entrar em vigor dentro de dois anos para que estes possam “atualizar” os seus espetáculos. “Este 'período' de graça' destina-se a dar aos operadores dos circos itinerantes um tempo razoável para adaptarem os seus negócios e encontrarem cuidadores apropriados para os seus animais”, explicou David Heath, ministro da agricultura inglês. 
 
Os termos do projeto de lei relativos a esta proibição estabelecem que a mesma vai dizer respeito a todos os animais que não são tradicionalmente domesticados na Grã-Bretanha. 
 
Além disso, o governo introduziu já uma regulação estrita com o objetivo de melhorar as condições de vida dos animais que hoje participam nos cercos até à efetivação da medida. 
 

Notícia sugerida por Diana Rodrigues

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub