Cultura

Inglaterra: Livreiro salva loja com ‘post’ no Facebook

Em Saltarie, no Yorkshire, Reino Unido, o proprietário de uma livraria em segunda mão viu as receitas disparar cerca de 4.000% com a vinda de dezenas de novos clientes à loja depois de publicar no Facebook a iminente situação de falência da mesma.
Versão para impressão
Em Saltarie, no Yorkshire, Reino Unido, o proprietário de uma livraria em segunda mão viu as receitas disparar cerca de 4.000% com a vinda de dezenas de novos clientes à loja depois de publicar no Facebook a iminente situação de falência da mesma. 
 
David Ford não queria acreditar quando fez as contas e os lucros eram quarenta vezes superiores aos originais. Se, antes de partilhar nas redes sociais a difícil situação que a livraria enfrentava, as vendas raramente ultrapassavam os 18 euros diários, depois, as mesmas quase que atingiam os 400 euros por dia.
 
Num último ato de desespero, o livreiro decidiu apelar à ajuda da comunidade no Facebook, por forma a conseguir salvar a loja da qual é proprietário. No mesmo 'post', David falou das consequentes quebras dos lucros da livraria, devido à crescente adesão dos clientes às grandes lojas online, como a Amazon, e ao aparecimento do 'e-book'.
 

A resposta ao seu 'grito de ajuda' foi, no entanto, uma surpresa. Num único dia, David viu entrar quarenta vezes mais do que aquilo que conseguia reunir apenas há uma questão de dias atrás, com as vendas a rondar os 400 euros.

 
“Pus aquilo no Facebook para mostrar às pessoas a realidade de quem tem um negócio dentro do género, hoje em dia”, conta o livreiro, citado pelo Daily Mail. “A ideia era tentar incentivar as pessoas a optar pelas lojas e serviços locais em vez das grandes lojas on-line. A resposta não podia ser mais positiva”. 

Noticia sugerida por Ana Fernandes

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub