Ambiente

Inglaterra leva turistas até à macieira de Newton

A National Trust, entidade para a conservação do património natural e histórico da Grã-Bretanha, organiza um conjunto de caminhadas que culminam com a visita a algumas das árvores mais antigas daquele território, incluindo a macieira que terá inspira
Versão para impressão
A National Trust, entidade para a conservação do património natural e histórico da Grã-Bretanha, organiza um conjunto de caminhadas que culminam com a visita a algumas das árvores mais antigas daquele território, incluindo a macieira que terá inspirado Isaac Newton a formular a sua teoria da gravidade.

Ao abrigo do programa “Heritage Trees” foram delineados dez roteiros, não só pela Inglaterra, mas também pelo País de Gales e Irlanda do Norte. A ideia é alertar para a necessidade de preservar as árvores milenares sob as quais terão tido lugar alguns dos mais importantes momentos da História da Grã-Bretanha.

“Ficar perto de uma árvore antiga, que viveu séculos de história, pode ser uma experiência de humildade. Queremos promover estas árvores especiais e divulgar o seu perfil no contexto das paisagens onde elas podem ser encontradas”, disse Brian Muelaner, do National Trust, citado pela BBC Brasil.

Entre esses exemplares admiráveis da Natureza encontra-se o teixo de Ankerwycke, em Berkshire, onde a Magna Carta de 1255, que veio impedir o exercício do poder absoluto em Inglaterra, foi alegadamente assinada pelo rei João. Julga-se que Henrique VIII terá conhecido Ana Bolena nesse mesmo local.

Quanto à macieira que se julga ter inspirado a teoria da gravidade de Newton, em 1655, a National Trust indica que a mesma se encontra em Lincolnshire, na Woolsthorpe Manor, a casa onde o físico inglês nasceu e cresceu.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório