Inovação e Tecnologia

iNeighbour TV: A rede social do envelhecimento ativo

O sistema interativo português "iNeighbour TV" funciona como uma rede social para que as pessoas idosas comuniquem entre si, além de ajudar a monitorizar as suas necessidades diárias, como a hora a que devem tomar os medicamentos.
Versão para impressão
O sistema interativo português “iNeighbour TV” funciona como uma rede social para que as pessoas idosas comuniquem entre si, além de ajudar a monitorizar as suas necessidades diárias, como a hora a que devem tomar os medicamentos.
 
por Márcia Moço
 
A aplicação desenvolvida pela equipa de investigação Social iTV, da Universidade de Aveiro (UA), pretende promover o conforto, a qualidade de vida e a interação social entre os cidadão séniores. A aplicação mantém a pessoa conectada com o mundo exterior através de um dos aparelhos que tende a usar mais vezes ao dia: a televisão.
 
O “iNeighbour TV” funciona de uma forma muito semelhante à já conhecida rede de Facebook. Com um simples comando de televisão, os utilizadores podem criar o seu perfil pessoal, adicionar novos amigos, procurar pessoas com base nos interesses em comum e ainda saber quais os programas que os seus amigos estão a ver no momento e assisti-los em conjunto.

Os utilizadores podem também fazer e receber chamadas, desafiar amigos para eventos e outras atividades sociais relacionadas com os interesses que têm em comum com outras pessoas, promovendo assim a partilha e o encontro entre idosos.
 

Jorge Ferraz de Abreu, um dos coordenadores do Social iTV, explicou ao Boas Notícias que esta ferramenta “pode funcionar como um mediador e potenciar a comunicação pessoal entre vizinhos à distância”. O responsável acredita que o “iNeighbour TV” vai incentivar as pessoas a sair de mais de casa, promovendo o “envelhecimento ativo” e a sociabilidade entre idosos.

Secção de “Saúde” alerta para a toma de medicamentos
 
Para além desta rede social simplificada, a plataforma dispõem de um módulo “Saúde”. Nesta secção os utilizadores podem conhecer quais as farmácias que se encontram de serviço e ainda criar a sua própria agenda para a toma de medicamentos. O sistema regista as horas a que o idoso deve tomar o seu próximo comprimido e envia alertas para que não se esqueça dele.

Image and video hosting by TinyPic

[O “iNeighbour TV” permite aceder a informações sobre meteorologia e marés e ainda a contactos para situações de emergência]

O projeto desenvolvido em dois anos foi testado pela primeira vez no início de 2012 num “field trial” que instalou o sistema interativo nas Boxs da Meo de um conjunto de seniores das cidades do Porto e de Aveiro que, durante cinco semanas, testaram as funcionalidades da “iNeighbour TV”.

 
Pedro Almeida, coordenador da Social iTV, contou ao Boas Notícias que a experiência teve bons resultados, sendo que a única questão levantada com este teste foi “ao nível da interação” de algumas opções pelo facto de se registar um pouco mais de iliteracia digital nos voluntários”.
 
A “iNeighbour TV” foi pensada de uma maneira simples para tornar mais fácil a utilização desta plataforma pelo que a equipa da unidade de investigação Cetac.Media acredita que as dificuldades na adaptação a esta tecnologia podem ser ultrapassadas com “mais apoio” e formação junto dos utilizadores seniores.

O “iNeighbour TV” mantém o idoso em contacto com o exterior
 
O sistema possibilita ainda acompanhar a pessoa idosa na sua rotina diária, através de um sistema de alerta conectado a um “cuidador”, uma pessoa da família, amiga ou mesmo uma entidade social pode receber estas informações.
 
O envio de mensagens de alerta para o telemóvel da pessoa responsável é feito quando o utilizador quebra a sua rotina diária de utilização. O “iNeighbour TV” faz um registo da média de acessos à plataforma e, caso o utilizador esteja muito tempo sem utilizá-la, o “cuidador” é informado da situação.
 
“Estas eram questões que de início considerámos que poderiam levantar problemas pelas barreiras da privacidade. Na verdade, estas pessoas mostraram-se agradadas com o facto de o cuidador ter acesso à sua rotina diária e à toma de medicamentos”, assegura Jorge Ferraz de Abreu.
 
O “iNeighbour TV”, que ainda não tem data prevista para chegar ao mercado português, foi financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, tendo contado com a parceira da Portugal Telecom para a aplicação do sistema.

Clique AQUI para aceder à demonstração do “iNeighbour TV” e conhecer como o sistema funciona.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub