Mundo

Indiano reencontra família graças ao Google Earth

Um homem indiano que se perdeu da família com apenas cinco anos de idade conseguiu reencontrar os seus entes queridos graças ao Google Earth.
Versão para impressão
Um homem indiano que se perdeu da família com apenas cinco anos de idade conseguiu reencontrar os seus entes queridos graças ao Google Earth. Com horas e horas de pesquisa, Saroo Brierley encontrou a sua terra natal no mapa, comprou o bilhete de avião e voltou a casa depois de 25 anos longe das suas raízes.
 
Saroo separou-se da família quando pedia esmola na estação de comboios de Khandwa na Índia ocidental com o irmão mais velho. Acidentalmente, entrou num comboio que se dirigia na direção errada e, sem saber, acabou por adormecer e acordar dez horas mais tarde do outro lado do país. 
 
Durante um mês, tentou encontrar o caminho de volta, quase se afogou no rio Ganges e esteve perto de ser raptado por um homem que pensava vendê-lo como escravo, de acordo com o jornal australiano The Mercury.

Porém, entretanto, Saroo foi para um orfanato e acabou por ser adotado por um casal australiano e levado para a Tasmânia, onde se tornou um homem de negócios bem-sucedido, comparado por muitos com o protagonista do filme “Quem quer ser bilionário”, um jovem pobre que venceu o célebre concurso televisivo e viu a sua vida dar uma reviravolta surpreendente.

 
Saroo reencontrou a família há cerca de três semanas

“Mantive na memória as imagens da vila onde cresci, das ruas por onde costumava deambular e dos rostos dos meus familiares. Guardei essas imagens como tesouros”, confessou Saroo, citado pelo periódico local. 

“Recorrendo ao Google Earth, passei longas horas a fazer 'zoom in' e 'zoom out' nos mapas à procura de algo que conseguisse reconhecer”, acrescentou. 


Graças às memórias que nunca deixou que se apagassem, conseguiu detetar a região e juntou-se a um grupo no Facebook que agrega habitantes da sua terra, Ganesh Talai. Depois de enviar alguns e-mails e de juntar várias peças, Saroo reservou um vôo e voltou à região, procurando a família rua a rua. 
 
A procura deu frutos e, há cerca de três semanas, Saroo pôde reencontrar-se com a família. O reencontro mais emotivo foi com a mãe, que lhe contou a forma exaustiva como tinham tentado encontrá-lo, recorrendo até a videntes na esperança de saber se um dia voltariam a ver-se.

“Ainda não consigo acreditar que encontrei a minha família, tendo em conta o tamanho e densidade populacional da Índia e a idade que tinha quando me perdi”, afirmou Saroo, emocionado.

 
O jovem acrescentou que tem tido algumas dificuldades em comunicar com os familiares, já que, com a falta de prática, esqueceu grande parte da língua. “Lembro-me de certas coisas do Hindi mas preciso de observar as expressões faciais e os movimentos deles para entender perfeitamente o que dizem”, admitiu.
 
Saroo disse ainda que não pretende regressar em definitivo a Ganesh Talai, mas que espera visitar a família com frequência. Para o futuro próximo tem um objetivo: fazer um filme que conte a sua história de vida, do passado ao presente.

[Notícia sugerida por Sofia Baptista, Maria Manuela Mendes e Raquel Baêta]

 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório