Mundo

Índia: programa salva crianças de desidratação

A Unicef, um governo estatal da Índia e a IKEA estão a apoiar diversos profissionais sanitários e de saúde na luta contra a diarreia prolongada, uma doença que todos os anos mata milhares de crianças na Índia. O programa consiste num simple
Versão para impressão
A Unicef, um governo estatal da Índia e a IKEA estão a apoiar diversos profissionais sanitários e de saúde na luta contra a diarreia prolongada, uma doença que todos os anos mata milhares de crianças na Índia. O programa consiste num simples tratamento baseado em pastilhas de zico e sais de rehidratação. Desde a sua implementação já foram tratadas cerca de 15 mil crianças, relata o portal da Unicef.

Kumari, uma das agentes sanitárias que tem aplicado o novo tratamento no Estado de Bihar, Índia, distribui diariamente as pastilhas de zinco aos meninos que sofrem de diarreia e prepara a solução de rehidratação com sais à frente das famílias para que aprendam a administrá-la.

Os pais já perceberam que este simples tratamento pode salva a vida dos seus filhos e recorrem aos centros de apoio sanitário assim que as crianças apresentam sintomas de diarreia prolongada. Esta doença acaba por matar devido à desidratação e desnutrição que provoca. Suspeita-se que a diarreia seja provocada pelo consumo de águas contaminadas.

88% das mortes podem ser evitadas

Milhares de crianças morrem anualmente na Índia devido à diarreia e suas complicações. No entanto, segundo a Unicef, 88 por cento destas mortes podem ser evitadas com este simples tratamento que trava a diarreia evitando a desidratação e desnutrição dos mais novos.

O programa já está em funcionamento em três distritos do Bihar e está agora a ser alargada a um quarto distrito. O governo do Bihar já manifestou a intenção de ampliar o programa das pastilhas e sais a todo o Estado.

[Notícia sugerida pela utilizadora Céu Guitart]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório