Ambiente

Incêndios: Menos 70% de área ardida em 2011

NULL
Versão para impressão

A área ardida de floresta em Portugal este ano foi inferior à dos últimos dois anos. Os dados são da Autoridade Florestal Nacional e foram divulgados na semana em que terminou a época mais crítica de incêndios florestais.

Cerca de 9200 elementos, 2018 viaturas, 41 meios aéreos e 237 postos de vigia da responsabilidade da GNR. Estes foram os meios envolvidos durante a operação “Charlie”, em que foram também detidas pela Polícia Judiciária 28 pessoas suspeitas de fogo posto.

Os dados, embora provisórios, da Autoridade Florestal Nacional (AFN) indicam que os incêndios florestais consumiram, este verão, 37.671 hectares, menos 70 por cento do que em igual período de 2010.

Ainda de acordo com o comunicado da Lusa, que cita a AFN, a aérea ardida deste ano também é inferior à de 2009. Nessa altura arderam, durante o mesmo período, 74.792 hectares.

As ocorrências de fogo diminuíram este ano, já que se registaram 16.020, menos 2960 do que no mesmo período do ano passado, quando se verificaram 18.980 ocorrências de incêndio.

Os distritos afetados

A AFN aponta ainda que 44 por cento da área ardida até 15 de setembro ocorreu nos distritos de Bragança, Guarda e Braga, com áreas superiores a quatro mil hectares. Das corporações que combateram os fogos, durante este ano, 198 bombeiros e 60 civis ficaram feridos, revela a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Já a Polícia Judiciária (PJ), revela que 28 pessoas foram detidas durante o verão pela prática de crimes de incêndio florestal. Ainda segundo informação da Lusa, no ano passado, a PJ abriu 742 inquéritos-crime e deteve 50 incendiários.

“Delta” – A nova fase

A partir do dia de hoje e até 31 de Outubro, entrará em vigor a fase “Delta” de combate a incêndios florestais, sendo o dispositivo composto por cerca de 5435 elementos e 1225 veículos.

Por outro lado, até 15 de outubro, os bombeiros vão contar com 17 meios aéreos, menos dois que em igual período do ano passado. A meio do mês, dia 16 de Outubro estarão disponíveis os nove helicópteros da Empresa de Meios Aéreos (EMA), que serão activados segundo a avaliação do perigo e do risco de incêndio.

[Notícia sugerida por Mafalda Almeida]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório