Em Destaque Gastronomia

Impressoras de alimentos em 3D

Uma revolução que já é o futuro
Versão para impressão
Não é ficção científica. É a realidade e já está disponível em alguns pontos do mundo. A impressão de alimentos em 3D ainda está numa fase inicial, mas já está a dar cartas. E há quem acredite que será mesmo o futuro no setor alimentar. Não se admire, portanto, se começar a ver este equipamento nas cozinhas modernas, tal como aconteceu com o micro-ondas, uma revolução nos anos 80 e completamente familiar para cada um de nós atualmente.

Neste artigo, apresentamos-lhe algumas soluções internacionais nesta área bem como uma experiência realizada nos Estados Unidos da América, uma vez que já existem alguns restaurantes a aderir à moderna tecnologia. Há até quem defenda que as soluções relacionadas com impressão em 3D permite diferenciá-los da concorrência, fator importante para quem quer chamar novos clientes ou manter os habituais que, por sua vez, vão tendo novas necessidades.

Em maio de 2015, numa conferência realizada na Holanda, foram apresentadas inúmeras soluções que prometem revolucionar o conceito alimentar em todo o mundo. Daqui a uns anos, é possível que a impressora 3D seja um equipamento tão comum nas cozinhas, como um frigorífico ou um forno.

Bocusini

Profissionais de restauração, de gastronomia, panificação e confeitaria criaram a empresa Bocusini que se dedica à impressão de alimentos e produtos em 3D. Esta solução universal de impressão de alimentos permite levar a criatividade a serviços de padaria, catering, confeitaria e cozinha profissional.

Melanie Senger, Product Management da Bocusini avançou à i9 magazine que já foram vendidos 160 equipamentos desde o lançamento. Na área de catering, dá um exemplo de uma das potencialidades deste serviço: “as pessoas podem ir a uma padaria 3D, deixarem-se eles próprios ‘digitalizar’, e em apenas dois minutos, acedem ao original que pode ser aplicado num bolo de noivos, por exemplo. Na área de catering, este serviço é usado em eventos em que as empresas recorrem à impressão dos seus logótipos ou até mesmo produtos das mesmas.

Neste momento, o serviço está a ser expandido para outros países, sendo possível comprar o equipamento 3D que inclui uma impressora, sistemas de recarga de tinteiros de uso fácil, vários comestíveis (chocolate ou maçapão, por exemplo). Os clientes podem ainda optar por um sistema de digitalização 3D móvel, compatível com o Ipad Air 1 ou 2.

São inúmeras as possibilidades de aplicação, basta que haja imaginação! É possível ainda adaptar facilmente os modelos a imprimir, segundo as ocasiões e o desejo dos clientes. Noivos, bustos, objetos e emblemas em 3D são apenas algumas das hipóteses.

Choc Edge

É uma empresa de tecnologia que oferece soluções de impressão de chocolate para empresas e particulares que tenham o desejo de projetar e produzir chocolates criativos. Os responsáveis assumem-se como os pioneiros da impressão de chocolate em 3D, e a mais recente impressora de chocolate que lançaram, o Choc Creator V2.0 Plus, melhora todos os modelos anteriores. Pode ser usado em ambiente profissional, num estúdio caseiro ou específico ou em estúdios profissionais para impressão em chocolate, geralmente equipados com máquinas automáticas indicadas para o efeito.

A impressão de chocolate em 3D é semelhante à impressão em plástico 3D, baseada na tecnologia tradicional. O sistema Choc Creator permite imprimir desenhos e objetos em miniatura no chocolate e funciona a partir de um software de impressão 3D que pode ser programado para criar desenhos com diferentes formas e níveis de complexidade. Os clientes da empresa estão a apostar na utilização desta máquina para demonstrações em eventos ou para usar as peças impressas expondo-as nas suas lojas. O mais fácil é começar, e o mais difícil vai ser controlar a vontade de provar chocolates tão criativos!

Foodini

A empresa Natural Machines, com sede em Barcelona, criou a impressora de alimentos em 3D que funciona em “cápsula aberta”, o que significa que o consumidor prepara e coloca ingredientes frescos na mesma. As máquinas naturais permitem preparar alimentos mais saudáveis, fáceis e divertidos. “É o primeiro aparelho de cozinha e a primeira impressora alimentar em 3D a imprimir todos os tipos de alimentos reais, frescos e nutritivos e a contribuir para um estilo de vida saudável”, explica Lynette Kucsma, co-founder e CMO da Natural Machines.

A Foodini gere a parte mais difícil e demorada da preparação de alimentos que, não raras vezes, “desencoraja as pessoas a criar alimentos caseiros”. É fácil, rápido, divertido e mais saudável. O objetivo da empresa passa por utilizar ingredientes saudáveis, rentabilizar o tempo na cozinha e trazer qualidade às refeições.

Os ingredientes triturados são colocados numa cápsula que é posteriormente inserida na máquina, tendo de ser cozinhados posteriormente.

Este novo aparelho permite auxiliar os mais preguiçosos e todos aqueles que não têm muita paciência para cozinhar em casa pois a impressão está à distância de um clique num dos botões da máquina.

PancakeBot

Já imaginou comer uma panqueca com uma personagem de banda desenhada, um monumento ou um animal impresso? Sim, agora é possível. O PancakeBot é a primeira impressora de alimentos em 3D do mundo capaz de imprimir panquecas, distribuindo automaticamente a massa diretamente para uma grelha cujo design é escolhido pelo utilizador. Os desenhos para impressão podem ser criados através de um software gratuito e fácil de utilizar, permitindo que crianças e adultos expressem a sua criatividade através dos alimentos enquanto exploram as novas tecnologias.

O equipamento inclui um cartão SD, uma grade removível antiaderente que mostra a temperatura, incluindo ainda uma bandeja. A velocidade de impressão é ajustável à medida de cada utilizador. É possível desmontar a impressora para armazenar facilmente e os utilizadores podem aceder a projetos pré-fabricados disponíveis para download no site da empresa em pancakebot.com

“Foram vendidas milhares de PancakeBots, desde 2015”, garante Slim Geransar. Através de um software criado para o efeito, é possível desenhar as panquecas, exportar para o cartão SD e imprimir na PancakeBot.

Mélisse e 3D Systems

Mélisse é um restaurante com duas estrelas Michelin, em Santa Mónica, Estados Unidos da América. O laboratório de culinária 3DSystems teve a oportunidade de trabalhar neste restaurante, em maio de 2015. A sua equipa de culinária, em colaboração com os Chefes de cozinha Josiah Citrin e Ken de Mélisse, criaram um prato recorrendo à impressão de alimentos em 3D. Ambos trabalham na concetualização de uma nova forma de preparar e servir um prato muito clássico, a sopa de cebola francesa.

Esta foi uma forma de explorar uma nova tecnologia alimentar através da combinação de técnicas clássicas com outras muito mais inovadoras.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub