Ciência

Imagem inédita da Galáxia Messier 83


O Observatório Europeu do Sul (ESO - European Southern Observatory, na sigla original) capturou a imagem mais precisa e detalhada da galáxia Messier 83, a "irmã mais nova" da Via Láctea, obtida a partir de solo terrestre.
Versão para impressão
O Observatório Europeu do Sul (ESO – European Southern Observatory, na sigla original) capturou a imagem mais precisa e detalhada da galáxia Messier 83, a “irmã mais nova” da Via Láctea, obtida a partir de solo terrestre.

A imagem foi obtida com o HAWK-I, o telescópio gigante da ESO no Observatório do Chile e mostra a galáxia na radiação de infravermelhos dando provas da impressionante capacidade da câmara montada no Very Large Telescope (VLT) da ESO.

Esta imagem, nitidamente mais limpa, simplifica o trabalho dos astrónomos que procuram enxames de estrelas jovens, principalmente as que se encontram escondidas nas regiões de poeira da galáxia.

 Estudar esses enxames de estrelas é um dos principais objetivos científicos destas observações. Quando comparada com imagens anteriores, a visão revelada pelo HAWK-I revela muito mais estrelas no interior da galáxia.

A galáxia Messier 83 situa-se a cerca de 15 milhões de anos-luz de distância na constelação Hidra. Tem um tamanho de cerca de 40 000 anos-luz, ou seja, apenas 40% do tamanho da Via Láctea. É semelhante em muitos aspetos com a nossa casa galáctica, tanto na forma espiral como na presença de uma barra de estrelas no centro.

 A Messier 83, nomeada através do astrónomo francês que a descobriu, é famosa entre os astrónomos devido às suas supernovas: vastas explosões que terminam a vida de algumas estrelas.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório