Em Destaque Sociedade

IKEA Portugal aumenta salário mínimo para 625 euros

A IKEA Portugal vai aumentar o salário mínimo de entrada para colaboradores base a tempo inteiro para 625 euros brutos mensais. Esta decisão surge num momento em que o governo português revê o salário mínimo nacional para os 557 euros.
Versão para impressão
por redação

“Na IKEA acreditamos que ser uma grande marca não significa apenas vender bons produtos, mas também desenvolver as equipas que fazem da IKEA uma multinacional em crescimento. Queremos ser uma empresa cada vez melhor para trabalhar e o aumento do salário mínimo de entrada é mais do que uma forma de reconhecimento. Faz parte da nossa estratégia, que coloca as pessoas no centro do negócio, proporcionando aos nossos colaboradores cada vez melhores condições para que se sintam realizados a nível pessoal e profissional. Este é mais um passo nesse sentido e por essa razão, estamos duplamente satisfeitos”, referiu Christiane Thomas, retail manager IKEA Portugal.

A empresa de mobiliário e decoração já é conhecida pelos benefícios oferecidos aos seus colaboradores, tais como programas de formação, sistemas de bónus em função de desempenho ou mesmo contributos para os planos de pensão. A empresa tem também um programa denominado por “Passa mais tempo com o teu bebé”, que consiste na extensão  da licença de maternidade/paternidade, em dois meses.

O aumento do salário mínimo de entrada para 625 euros entra em vigor em março de 2017, com efeitos retroativos desde janeiro.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório