Saúde

Identificados 4 genes ligados à menopausa

Graças a uma investigação recente, uma equipa de investigadores britânicos da Universidade de Exeter e do Institute of Cancer Research, do Reino Unido, conseguiu localizar quatro genes relacionados com o risco de padecer de menopausa precoce.
Versão para impressão
Graças a uma investigação recente, uma equipa de investigadores britânicos da Universidade de Exeter e do Institute of Cancer Research, do Reino Unido, conseguiu localizar quatro genes relacionados com o risco de padecer de menopausa precoce.

Para o estudo publicado na Human Molecular Genetics foram observados dados de duas mil mulheres que sofrem de menopausa precoce e igual número de mulheres que entraram na idade normal.

Quando mais do que um desses genes era encontrado no mapa dessas mulheres, o risco era maior. Esta informação, segundo os especialistas, citados pela BBC, é de grande valor para as mulheres que se preocupam com o seu futuro fértil e com a oportunidade de ter filhos.
 
O teste genético estará a ser desenvolvido por estes investigadores, com a preocupação de um manter um preço acessível, que possa ajudar as mulheres no futuro a saber se estão ou não em risco.

O tema tem sido estudado por diversos especialistas. Recentemente uma equipa de cientistas em Israel descobriu que através dos níveis de concentração da hormona antimulleriana (HAM) podem prever a altura em que uma mulher acaba o seu período fértil e entra na menopausa. (Leia mais aqui)

Hoje, dia 18 de outubro, comemora-se o Dia Mundial da Menopausa. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que até 2030 mais de mil milhões de mulheres estarão nesse período, um número três vezes maior do que em 1990.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub