Sociedade

Hospital de S.João reduz custos na iluminação

O Hospital de S. João vai mudar de sistema de iluminação para LED, o mais rápido possível, de forma a reduzir custos, à semelhança do que já foi feito em Valongo, conforme anunciou esta quinta-feira António Ferreira, presidente da administração do Ce
Versão para impressão
O Hospital de S. João vai mudar de sistema de iluminação para LED, o mais rápido possível, de forma a reduzir custos, à semelhança do que já foi feito em Valongo, conforme anunciou esta quinta-feira António Ferreira, presidente da administração do Centro Hospitalar S. João (CHSJ).

A garantia foi dada durante a cerimónia de apresentação do novo sistema de iluminação do polo de Valongo do CHSJ que contou com a presença de António Ferreira.

“Em Valongo é mais fácil porque são apenas 250 pessoas, enquanto que no S. João trabalham 4.500”, salientou António Ferreira que adiantou que a mudança irá demorar mais tempo.

Este sistema permitiu ao Hospital de Valongo reduzir em 72,3 por cento o consumo de energia elétrica num mês.

“Com este sistema de iluminação”, adiantou Carlos Coelho, da empresa nacional Tellus, responsável pela implementação do projeto, o hospital vai conseguir “poupar anualmente cerca de 28.700 euros”.

Segundo o responsável, o valor vai passar de 3.700 euros por mês para apenas a pagar cerca de 1.400 euros/mês. Além da redução de custos, este sistema permite reduzir o “CO2 em 1.080 toneladas/ano”, frisou.

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Manuel Pizarro, afirmou ser “desejável” que outros hospitais adotem este sistema, salientando, contudo, que, “no conjunto dos hospitais, há muitas iniciativas para mudar a realidade” em termos de eficiência energética.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub