Sociedade

Homenagem ao Sr. do Adeus no Saldanha

O sr. do Adeus [ou sr. do Olá como gostava de sublinhar], um dos principais ícones da Lisboa do século XXI, morreu hoje aos 80 anos de idade. Os lisboetas estão a preparar uma homenagem a esta querida personagem através de uma concentração pelas 22ho
Versão para impressão
O sr. do Adeus [ou sr. do Olá como gostava de sublinhar], um dos principais ícones da Lisboa do século XXI, morreu hoje aos 80 anos de idade. Os lisboetas estão a preparar uma homenagem a esta querida personagem através de uma concentração pelas 22horas, na praça do Saldanha, onde João Manuel Serra [1931 – 2010] costumava acenar a quem passava de carro.

João Serra acreditava que com aquele gesto tornava as pessoas mais felizes. E a julgar pela reciprocidade com que lhe acenavam de volta, Lisboa ficava mesmo um pouco mais feliz. O encontro de homenagem está a ser preparado através do Facebook.

Proveniente de uma família abastada, João Manuel Serra chegou a admitir que nunca tinha trabalhado e que aquela era uma “profissão” diferente. Embora tenha começado como uma mera brincadeira, rapidamente, percebeu que o seu gesto arrancava sorrisos a quem passava.

Além deste hobbie, o sr. do Adeus tinha outra paixão: o cinema. Muitos domingos, João Serra ia ao cinema com o realizador e músico Filipe Melo. No blog “O Sr. do Adeus“, lê-se que Felipe Melo usava aquela página para documentar “as opiniões e observações de João Serra sobre os filmes e sobre a vida”.

No mesmo blog, o realizador e músico afirma: João Manuel Serra “era um dos meus melhores amigos, e terei muitas saudades das nossas idas ao cinema e de o ver a sorrir e a trazer alegria a todos os que o rodeavam”.

No Youtube há inúmeros vídeos com filmagens do Sr. do Adeus e no Facebook proliferam as páginas de homenagem: há até um grupo que pede uma estátua de João Serra no Saldanha. Num dos vídeo abaixo, retirado do Youtube, João Serra garante: “As pessoas não precisam tanto de mim como eu preciso delas”.

Esta mítica personagem de Lisboa foi ainda homenageada no álbum “Tantas Lisboa”, num dueto entre o Marco Rodrigues e Carlos do Carmo com letra de Boss AC intitulado “O homem do Saldanha” [ver segundo vídeo].









[Notícia atualizada a 11/11/2010 às 20:04]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório