Mundo

Homem que só tem uma mão torna-se pianista famoso

Diz o ditado que "querer é poder" e este é um bom exemplo. Contra todas as previsões, o britânico Nicholas McCarthy, que nasceu sem uma mão, é hoje em dia um pianista reconhecido com concertos agendados em todo o mundo.
Versão para impressão
Diz o ditado que “querer é poder” e este é um bom exemplo. Contra todas as previsões, o britânico Nicholas McCarthy, que nasceu sem uma mão, é hoje em dia um pianista reconhecido com concertos agendados em todo o mundo.
 
O pianista, de 40 anos, já deu concertos nas mais famosas salas do Reino Unido, dos EUA, da África do Sul e de outros países. A sua estória de determinação tem apaixonado os meios de comunicação ingleses, que acompanham o seu percurso.

“Sim, quero provar às pessoas que só tenho uma mão mas sou capaz”, disse na sua mais recente entrevista à BBC, a rede pública de televisão e rádio britânica, realizada esta semana. Em 2013, numa entrevista ao jornal The Guardian, Nicholas disse que uma das coisas que o entusiasma mais é saber que “inspira” outras pessoas com deficiência a seguirem os seus sonhos.
 

De acordo com a biografia publicada no seu site oficial, Nicholas McCarthy nasceu sem a mão direita e só começou a tocar piano aos 14 anos, depois de ver um amigo seu a tocar a Waldstein Sonata de Beethoven.


Mais tarde, Nicholas ingressou no Royal College of Music, em Londres, determinado a tornar-se pianista. Nicholas é o único pianista só com uma mão que alguma vez se graduou naquela escola superior de música, que tem já mais de 130 anos de existência.

O repertório do pianista passa por peças de autores como Liszt, Brahms, Schubert, Bach, Gershwin e Chopin. Algumas das peças foram escritas originalmente para serem tocadas só com uma mão, outras peças são adaptadas por Nicholas para serem desemprenhadas apenas a uma mão. 

Um dos pontos altos da carreira deste pianista improvável foi a sessão de encerramento dos jogos paralímpicos de 2012, durante a qual tocou numa paraorquestra que acompanhou a banda Coldplay perante mais de 86.000 pessoas.

O próximo concerto do pianista britânico vai acontecer dia 09 de Março, no Queen Elizabeth Hall, em Londres. Os bilhetes já estão à venda. 

Notícia sugerida por António Resende

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório