Mundo

Homem-foguetão sobrevoa o Grand Canyon

NULL
Versão para impressão
O piloto suíço Yves Rossy, conhecido como JetMan ou Homem-Foguetão, conseguiu esta semana atravessar o Grand Canyon, no Arizona, EUA, a 400 quilómetros por hora num voo que durou oito minutos.

Yves Rossy voou com asas de propulsão a jato feitas de fibra de carbono à medida e saltou de um helicóptero a 2.500 metros de altura.

“O meu primeiro voo nos EUA é certamente uma das experiências mais inesquecíveis da minha vida, não só pela beleza natural do Grand Canyon, mas pela honra de voar em terras sagradas dos Americanos Nativos”, comenta Rossy citado pela AFP.

“Obrigado à Mãe-Natureza e à tribo Hualapai por fazer o meu sonho mais antigo se tornar realidade”, afirmou o aventureiro referindo-se à tribo indígena norte-americana que deu luz verde ao voo.

O suíço de 51 anos já tinha tentado o voo na passada sexta-feira mas teve de o adiar por falta de condições. Yves Rossy já sobrevoou o Canal da Mancha e os Alpes Suíços.

“Era o seu destino, e nem mesmo o complexo processo de aprovação de voo poderia impedir Rossy de fazer o voo histórico pelo Grand Canyon no último fim de semana”, declarou um dos membros da equipa de Rossy.

Para conhecer em mais pormenor os voos de Yves Rossy aceda ao site oficial em www.jetman.com.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório