Mundo

Homem acompanha filha de dador de coração ao altar

Arthur Thomas nunca conheceu Michael Stepien, mas desde 2006 - ano em que Michael foi assassinado - que carrega o seu coração ao peito. 10 anos mais tarde acabou por acompanhar a filha do seu dador até ao altar, a convite da noiva.
Versão para impressão
Arthur Thomas nunca conheceu Michael Stepien mas, desde 2006 (ano em que Michael foi assassinado), carrega o seu coração, literalmente, ao peito. Agora, 10 anos depois, a filha do homem que lhe salvou a vida convidou Arthur a acompanhá-la ao altar, no dia do seu casamento.

A pedido da filha de Michael, Thomas viajou de Nova Jérsia, nos Estados Unidos, até à Pensilvânia, para levar Jeni Stepien ao altar. O gesto inesperado comoveu familiares e amigos da noiva e chamou a atenção dos meios de comunicação.

A noiva disse à CBS que se sentiu "grata" por ter podido sentir a "presença" do seu pai neste dia, ainda que indiretamente: "Foi muito especial para nós”. Jeni Stepien casou-se com Paul Maenner no passado sábado, dia 7 de Agosto.

Quanto a Thomas, diz sentir-se honrado pelo convite. “Que maior honra pode alguém ter, do que acompanhar ao altar a filha do homem que lhe deu o seu coração? Não imagino uma honra maior”.


 
Notícia sugerida por António Resende

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub