Mundo

Holocausto: Mais pensões para milhares de vítimas

NULL
Versão para impressão
Depois de um ano de duras negociações, a Alemanha aceitou pagar pensões a cerca de 16.000 vítimas do Holocausto a nível mundial, maioritariamente sobreviventes dos guetos nazis, avança a AFP.

O acordo entre o governo alemão e a Claims Conference, entidade sediada em Nova Iorque e que há mais de cinquenta anos procura defender os judeus, negociando formas de compensação material para todos aqueles que foram sujeitos à violência do nazismo, foi anunciado esta segunda-feira.

“Estas pessoas estão, finalmente, a ver reconhecidos os horrores por que passaram quando eram apenas crianças”, afirmou Greg Schneider, vice-presidente executivo da Claims Conference a propósito desta conquista.

Porém, Schneider fez questão de realçar que o acordo “não tem a ver com dinheiro”. Está, sim, relacionado com a necessidade de fazer a Alemanha consciencializar-se quanto ao sofrimento pelo qual passaram os milhares de seres humanos obrigados a viver em guetos ou escondidos sob identidades falsas para escaparem da morte.

Graças ao entendimento alcançado, a Alemanha passará a pagar pensões de compensação a um total de 66.000 sobreviventes. A Claims Conference estima que as mudanças resultem no pagamento adicional de 650 milhões de dólares às pessoas afetadas.

Não há prazo limite para requisitar o pagamento das pensões e os formulários para o fazer podem ser obtidos através do website da Claims Conference ou via telefone.

Porém, parte do acordo não cobre crianças judias que nasceram em ou após 1938. Portanto, a Claims Conference promete continuar a luta. “Vamos prosseguir com a pressão no sentido de conseguir que nenhum sobrevivente do Holocausto seja privado do reconhecimento que merece”, afirmou Stuart Eizenstat, um dos negociadores da Claims Conference.

Entretanto, foi também anunciado recentemente que todos aqueles que trabalharam em guetos nazis geridos pelo governo alemão durante a Segunda Guerra Mundial terão direito a uma indemnização de 2.600 dólares por parte do Estado.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório