Sociedade

Heróis de carne e osso inspiram Lisboa e Porto

A Fundação 'O Que de Verdade Importa' (OQDVI) volta a organizar o seu Congresso em Portugal, desta vez com duas edições: uma dia 03 de Março, em Lisboa, e outra no dia 10 de Março, no Porto. A entrada nos dois eventos é livre.
Versão para impressão
A Fundação 'O Que de Verdade Importa' (OQDVI) volta a organizar o seu Congresso em Portugal, desta vez com duas edições: uma dia 03 de Março, em Lisboa, e outra no dia 10 de Março, no Porto. O duplo amputado Kyle Maynard, famoso por ter escalado o Kilimanjaro, é apenas um dos heróis que vai estar presente. A entrada nos dois eventos é livre.
 
Estes congressos são gratuitos, mediante inscrição prévia, e consistem na partilha, na primeira pessoa, de histórias de vida inspiradoras e de superação, com o objectivo de transmitir valores universais aos jovens portugueses. Neste momento as inscrições já se encontram encerradas.

O Congresso de Lisboa contará com a presença de três pessoas extraordinárias, Kyle Maynard, Alexia Vieira e Tomaz Morais (descritivos abaixo)

O norte-americano Kyle Maynard (ver vídeo abaixo) nasceu sem braços nem pernas. Isso não o impediu de ser campeão de luta livre nem de escalar o Kilimanjaro. Kyle Maynard Escreveu o livro “Sem Desculpas” que reflecte a sua atitude perante a adversidade e a sua vontade para superar obstáculos, como bem o demonstrou na sua subida ao Kilimanjaro. 
 


A jovem Alexia Vieira concretizou o seu sonho, criando, em Moçambique, a Fundação Khanimambo. Nos anos 90, com 11 anos de idade mudou-se para Madrid com a sua família. Desde 2007 vive na província moçambicana de Xai-Xai coordenando o trabalho de campo. 
 
Tomaz Morais pegou na selecção nacional de Rugby em 2001, quando Portugal ocupava o 30º lugar do ranking mundial a seu comando subiu até à 15.ª posição. Pela sua liderança e orientação técnica Portugal venceu pela 1.ª vez competições internacionais como o Campeonato da Europa de XV (rugby de quinze), sete Europeus de Sevens (Rugby de sete), 10ª lugar no Mundial de Sevens em Hong Kong entre 94 equipas participantes e o 1º lugar do Campeonato do Mundo Universitário.

Johnson Semedo é um dos oradores do Porto

 
O Congresso do Porto conta com a partilha dos testemunhos inspiradores de Bento Amaral, Lucía Lantero e Johnson Semedo. Bento Amaral é um português que ficou tetraplégico aos 25 anos. Achou que a vida tinha acabado para ele, mas soube dar a volta. Terminou o curso de Engenharia Alimentar, tornou-se professor e enólogo. Para além disso, não deixou a sua paixão: a vela. Em 2005 tornou-se campeão do mundo da modalidade. A sua história levou-o a escrever o livro “Sobreviver”.

Lucía Lantero, natural da cidade de Santander, Espanha, esteve como voluntária no Haiti e decidiu fundar uma ONG cujos objectivos foram dar alimentação, protecção, educação e ajuda psicológica a crianças órfãs, ou que, pela pobreza extrema das suas famílias se vêm obrigadas a abandonar os seus pais ou familiares e tentam sobreviver nas ruas como mendigos pelo que muitas vezes se vêm forçados a serem escravos.
 

Johnson Semedo é um verdadeiro exemplo de reintegração social. Ex-presidiário, dependente de drogas que deu uma volta de 180 graus à sua vida. Aos 10 anos foi viver para a rua. Quase a completar 18 anos, o tribunal atribui-lhe uma pena de 10 anos de prisão. Quando sai, decide mudar de vida, investir na sua recuperação e sair da vida do crime e das drogas. É hoje pai, treinador de futsal (com 25 jovens a seu cargo) e motivador social da Associação Cultural Moinho da Juventude.
 
Todos estes testemunhos são histórias de pessoas que alteraram a sua forma de vida em prol das suas crenças num mundo melhor, ou que foram obrigados a superar-se perante situações arrasadoras.
 
A Fundação O Que de Verdade Importa é uma organização sem fins lucrativos que foi fundada em Espanha por María Franco, que após superar uma situação de cancro deparou-se com o livro “O que realmente importa” de Nicholas Fortsmann, um bilionário americano com cancro terminal, que escreveu as suas reflexões finais como legado para os seus filhos.

Este testemunho inspirou María Franco a criar a Fundação O Que de Verdade Importa com objetivo principal de promover e divulgar os valores humanos, éticos e morais universais da sociedade, através da entreajuda, do optimismo e da generosidade.
 

Desde há oito anos para cá, a Fundação organiza congressos, a nível mundial, promove actividades educativas e formativas destinadas a jovens e em contexto empresarial, e também desenvolve acções de voluntariado, local e internacional.   

Pode encontrar mais informação dos programas no site oficial da organização e na página de Facebook.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório