Sociedade

Guiné-Bissau: Voluntários lusos em missão solidária

Um grupo de 14 voluntários portugueses viaja esta quarta-feira para a Guiné-Bissau para participar numa missão solidária promovida pela associação "Afectos com Letras", uma organização não-governamental nacional que trabalha para o desenvolvimento pe
Versão para impressão
Um grupo de 14 voluntários portugueses viaja esta quarta-feira para a Guiné-Bissau para participar numa missão solidária promovida pela associação “Afectos com Letras”, uma organização não-governamental nacional que trabalha para o desenvolvimento pelas vias da formação, da saúde e da educação.
 
Trata-se da III Missão Solidária Guiné-Bissau 2011, que decorrerá até 9 de Janeiro do próximo ano. Entre os voluntários estão dois médicos, um dentista e vários professores que estarão encarregues de oferecer consultas de especialidade às crianças guineenses e promover ações de formação em áreas diversas como a saúde oral, a aprendizagem de línguas, a educação alimentar, a formação ambiental e de sustentabilidade do ecossistema ou a animação sociocultural.
 
“Não ambicionamos o impossível nem aspiramos a resolver um problema que mais que conjuntural é estrutural, mas estamos convictos que o facto de permitirmos que pelo menos uma criança saia do quadro de pobreza e iliteracia já é uma pequena vitória”, explica a associação.
 
Os voluntários irão ainda distribuir uma grande quantidade de bens recolhidos numa campanha realizada em Portugal ao longo dos últimos três meses: leite em pó, papas, cereais, água engarrafada, medicamentos, mobiliário para salas de aula, material didático, livros, material escolar, roupas e brinquedos vão ser entregues na Guiné-Bissau para proporcionar aos mais pequenos uma quadra natalícia mais feliz.
 
Em comunicado, a “Afectos com Letras” acrescentou que está igualmente prevista a entrega de leite em pó, água engarrafada e medicamentos no Hospital de Cumurra, no Centro Nutricional e Maternidade de Ingoré e no Centro de Saúde de Varela.
 
A organização tem-se dedicado à melhoria das condições de vida das crianças da Guiné-Bissau, apoiando sobretudo projetos de formação das camadas mais jovens da população deste País, nos quais se inclui a missão que agora se inicia.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório