Cultura

Guimarães: A festa já começou

Durante os próximos 12 meses, a Capital Europeia da Cultura abre-se ao mundo oferecendo uma extensa programação com muitos espetáculos, alguns dos quais decorrem nas ruas.
Versão para impressão

Durante os próximos 12 meses, a Capital Europeia da Cultura abre-se ao mundo oferecendo uma extensa programação com muitos espetáculos, alguns dos quais decorrem nas ruas. O arranque oficial de Guimarães Capital da Cultura está marcado para as 18h. Às 22h há um espetáculo do coletivo catalão La Fura dels Baus. Mas a festa não fica por aqui.

A cerimónia de abertura de Guimarães Capital Europeia da Cultura (CEC) abre às 18h com um espetáculo já esgotado, no pavilhão Multiusos, em que atuam vários músicos e continua, mais tarde, com uma apresentação de rua pelos Fura dels Baus, na Praça do Toural .

O espetáculo musical, que tem no guitarrista vimaranense Manuel d'Oliveira o mestre-de-cerimónias, intitula-se “Os nossos afetos” e, segundo afirmou em conferência de imprensa Carlos Martins, o diretor executivo da CEC, “são três os afetos representados: o afeto  à cidade, à lusofonia e uma reflexão sobre a Europa”.

Do pavilhão para a rua

Depois do concerto inaugural, o segundo momento da agenda está marcado para a renovada praça do Toural, às 22 horas, com “Berço de uma Nação”, um espetáculo com conceção e direção artística do Centro de Criação para o Teatro e Artes de Rua (CCTAR) e dos catalães La Fura dels Baus.

É uma festa de espaço público, com teatro de rua, performance e projeções multimédia que contará com a participação da Banda da Sociedade Musical de Pevidém, a Associação de Antigos Estudantes do Liceu de Guimarães e os Velhos Nicolinos.

DJs e uma exposição

Segue-se “A primeira noite”, a partir da meia-noite, um convite que desafia a população a levar a festa para as ruas e para os bares do centro histórico da cidade. Está prevista a atuação de DJs na praça da Oliveira, o epicentro desta celebração coletiva.

O dia é também marcado pela inauguração de “Cartografia da Memória e do Quotidiano”, uma exposição que se prolonga até 03 de março, na Sociedade Martins Sarmento, e que reúne os retratos que vários ilustradores foram fazendo da cidade depois de algum  tempo de permanência na cidade. Denis Deprez, João Fazenda, Anke Feuchtenberger, Ulli Lust, Marco Mendes e Nuno Sousa são os autores que irão apresentar os seus trabalhos.

Na abertura da Capital Europeia da Cultura esperam-se as presenças do presidente da República, Cavaco Silva, do presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso e de Assunção Esteves, presidente da Assembleia da República.

Clique AQUI para aceder ao site oficial de Guimarães Capital Europeia da Cultura.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub