Fitness & Bem-estar

Guia da Nutrição: 5 dicas para comer bem na praia

O Verão aproxima-se e com ele os dias de praia. Muitas vezes surgem as dúvidas sobre o que levar na mala para comer. O ideal é escolher alimentos ou refeições que sejam práticos e que, ao mesmo tempo, não estraguem a silhueta.
Versão para impressão
O Verão aproxima-se e com ele os dias de praia. Muitas vezes surgem as dúvidas sobre o que levar na mala para comer. O ideal é escolher alimentos ou refeições que sejam práticos e que, ao mesmo tempo, não estraguem a silhueta.

por Lillian Barros, nutricionista clínica

 

É importante que os alimentos que transporta consigo, para a praia, sejam bem acondicionados e protegidos das altas temperaturas para não correr o risco de ingerir alimentos degradados pelo acelerado desenvolvimento bacteriano. Para tal uma geleira térmica, sempre debaixo do  guarda-sol é a melhor opção.
 
1. Hidratação

O primeiro ponto a focar é sem dúvida a hidratação. É fundamental levar sempre consigo água. A exposição ao sol e as temperaturas elevadas aumentam as nossas perdas de fluídos e, portanto, é fundamental a sua reposição ao longo do dia. Uma garrafa de água bem fresquinha deve ter lugar de honra na geleira. Pode também optar por fazer infusões ou tisanas, de frutos ou ervas, a seu gosto. Se lhes adicionar umas rodelas de limão ou lima e folhas de hortelã, fará um refresco ótimo, super saboroso.


Com ideias retiradas do meu livro “Sumos e Águas Detox”, terá imensas alternativas, refrescantes e muito muito nutritivas para levar para a praia. Inspire-se! Deixo algumas receitas para ter uma desculpa e iniciar já hoje!

Água Detox 1:
1,5l de água
1 rodela de abacaxi
4 morangos
10 folhas de hortelã

Modo de preparação: corte os morangos e o abacaxi em pequenas porções e coloque dentro de água, juntamente com as folhas de hortelça. Deixe repousar durante cerca de 3-4 horas no frigorifico e está pronta a servir ou a levar para a praia consigo.

Água Detox 2:
1,5l de água
1 fatia de melancia
7 mirtilos
7 folhas de manjericão

Modo de preparação: corte a melancia em pequenas porções e coloque dentro de água, juntamente com os mirtilos e o majericão. Deixe repousar durante cerca de 3-4 horas no frigorifico e está pronta a servir ou a levar para a praia consigo.

2. Lanches de 3 em 3 horas
No que concerne a refeições mais consistentes, o primeiro problema nos deparamos é a tendência para a perda do controlo das horas das refeições, sobretudo as intercalares. Acabando por apenas se comer quando já se tem verdadeiramente fome. É o erro comum que se deve evitar, quer na praia quer no seu dia-a-dia. Portanto ingerir pequenos lanches de três em três horas deve ser fundamental. 
 
3. Alimentos frescos e sumos
Alimentos práticos como fruta fresca são obrigatórios: maçãs, cerejas, morangos, uvas. Gelatinas e legumes (como cenouras, tomates cherry, palitos de pepino, curgete ou pepino), também são boa opção, bem como como os sumos detox ou funcionais (como gosto de lhes chamar).

Sumo detox:
½ papaia
2 rodelas de abacaxi
1 cenoura
2 mãos de espinafres
½ pepino
8 folhas de hortelã
1 c. sopa de chia
300ml de água 
100ml de água de coco

Modo de preparação:
Corte todos os ingredientes em pequenas porções, coloque-os no liquidificador e triture até obter uma textura cremosa. Estes alimentos para além de refrescarem, hidratam pois apresentam uma composição rica em água. 
 
4. Saladas
Para dias em que o almoço tem de ser feito na areia, então pode optar por saladas variadas com uma boa base verde e uma grande variedade de vegetais, sempre associados a proteína magra. O tempero deve ser ligeiro, utilizando ervas aromáticas à vontade, vinagre, limão, azeite q.b. ou molho de iogurte natural magro confecionado por si com ingredientes a gosto (pimenta, mostarda, vinagre, salsa).

5. Sandes
As sandes podem ser uma opção, se por exemplo selecionar o pão escuro e rico em fibra, juntamente com um recheio menos calórico sempre acompanhado de vegetais (alface, rúcula, tomate, cenoura ralada ou pepino).

Os recheios podem ser variados como omelete de claras, fiambre de aves, queijo magro, delícias do mar, frango ou peru grelhado. Se quer fugir ao pão há sempre a possibilidade de optar por wraps ou mesmo fazer este delícioso pão sem farinha (ver vídeo) no seu microondas: simples e sem hidratos de carbono.

6. Gaspacho

Outra opção fresca, saborosa e prática para dias de calor é o gaspacho. O gaspacho é uma receita simples de preparar e que se pode consumir fria. Se reduzir a quantidade de azeite e não adicionar pão, pode ser uma excelente alternativa para consumir na praia. Para quem não tem jeito para a cozinha, ou simplesmente tem pouco tempo, pode comprar já feito o gaspacho nas grandes superfícies comerciais.

Ideias há muitas, agora é escolher o que mais se adapta ao seu registo alimentar e não se esquecer de proteger a pele dos raios U.V.
 
Bom Verão e até breve!

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório