Inovação e Tecnologia

Guelras artificiais permitem respirar debaixo de água

Lembra-se do 'gadget' para respirar debaixo de água que foi divulgado, em 2014, pelo Boas Notícias? Na altura era apenas um conceito mas agora as guelras artificiais Triton estão prestes a tornar-se realidade.
Versão para impressão
Lembra-se do 'gadget' para respirar debaixo de água que foi divulgado, em 2014, pelo Boas Notícias? Na altura era apenas um conceito. Agora as guelras artificiais Triton estão prestes a tornar-se realidade, mas o dispositivo está envolvido numa polémica.
 
Criado por Jeabyun Yeon, um jovem designer da Coreia do Sul, o Triton acaba de arrecadar 285 mil euros numa campanha de corwdfunding – mais 600% do valor a que se propunha angariar. 

De acordo com a página da Indiegogo onde decorreu a campanha, o 'gadget' vai ser comercializado a partir de Dezembro deste ano por cercca de 350 euros. Neste momento, em pré-venda, o Triton está à venda por 250 euros.

 


O sistema consiste numa máscara de oxigénio que, diz a página da Indiegogo, permite ao mergulhador respirar durante 45 minutos debaixo de água até uma profundidade de 4,5 metros. Contudo, o 'gadget' tem vindo a ser alvo de duras críticas por parte de alguns especialistas.

Projeto polémico
 
Isto porque inicialmente o designer apresentava o Triton como um equipamento “que extrai oxigénio da água a partir de um filtro em forma de minúsculos fios com orifícios de tamanho inferior ao das moléculas de água”, acrescentando que esta tecnologia, criada por um cientista coreano, “permite respirar livremente debaixo de água” por períodos de tempo amplos.

Entretanto, o conceito apresentado ao público sofreu alterações com o Triton a apresentar um minidepósito de oxigénio líquido para permitir a respiração debaixo de água. O que já se afasta da promessa inicial mas mesmo assim apresenta uma solução mais prática do que as pesadas botijas de oxigénio. Falta ver se esta ideia funcionará realmente.

Embora seja possível extrair oxigénio da água a verdade é que, como alertaram vários especialistas, isso exige equipamento demasiado complexo e pesado, ao contrário do que prometia Jeabyun Yeon.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório