Ambiente

Guarda: Bombeiros plantam árvore por cada serviço

Os bombeiros de Fornos de Algodres querem plantar mais de quatro mil árvores até ao fim do ano, no âmbito de uma campanha de reflorestação designada "um serviço, uma árvore amiga". A iniciativa visa reflorestar áreas ardidas do concelho e sensibiliza
Versão para impressão
Os bombeiros de Fornos de Algodres querem plantar mais de quatro mil árvores até ao fim do ano, no âmbito de uma campanha de reflorestação designada “um serviço, uma árvore amiga”. A iniciativa visa reflorestar áreas ardidas do concelho e sensibilizar a população para a importância da floresta.

Para concretizar a campanha de reflorestação, a associação humanitária de Fornos de Algodres conta com a colaboração do Parque Natural da Serra da Estrela, as escolas superiores agrárias de Castelo Branco e de Viseu, o Instituto Politécnico de Bragança e o Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade (ICNB).

“Por cada serviço efetuado este ano pela corporação de bombeiros (incêndio florestal, transporte de doentes, acidente rodoviário, limpeza de vias, etc.) pretendemos plantar uma árvore em zonas designadas pelas Juntas de Freguesia e pelo Gabinete Técnico Florestal da Câmara Municipal”, revelou à agência Lusa Álvaro Melo, presidente da direção dos bombeiros voluntários de Fornos de Algodres.

O responsável acrescentou que a iniciativa consistirá na plantação de árvores e arbustos originais da flora portuguesa, para conservação da biodiversidade. Serão plantadas árvores como o carvalho negral, pinheiro, vidoeiro, cerejeira, freixo e sabugueiro.

A Escola Superior Agrária de Castelo Branco já ofereceu 40 azereiros e 20 pinheiros mansos, que serão plantados após a abertura do ano letivo.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório