Negócios e Empreendorismo

Grupo português dá prémio a todos os trabalhadores

O grupo Jerónimo Martins, detentor da cadeia de supermercados Pingo Doce, vai aumentar os salários dos seus trabalhadores e atribuir-lhes um prémio de 275 euros. O anúncio foi feito esta sexta feira pelo presidente da empresa, Alexandre Santos Soares
Versão para impressão
O grupo Jerónimo Martins, detentor da cadeia de supermercados Pingo Doce, vai aumentar os salários dos seus trabalhadores e atribuir-lhes um prémio de 275 euros. O anúncio foi feito esta sexta feira pelo presidente da empresa, Alexandre Santos Soares.

Ligado ao aumento da produtividade e bom desempenho do grupo – que aumentou os seus lucros em 40% no ano passado -, o prémio destina-se aos colaboradores das lojas, que representam 90% do total de colaboradores da Jerónimo Martins.

Quanto ao aumento salarial, ainda não estão definidos valores. Contudo, em declarações à agência Lusa, Alexandre Santos Soares garante que esses assuntos são previamente debatidos com os funcionários: “Discutimos sempre com as pessoas os salários”.

A Jerónimo Martins está a planear lançar novos negócios no estrangeiro, embora não revele ainda onde.

“Em 2011 vamos decidir qual o país, dos três, onde vamos investir”, afirmou o presidente da companhia.

O grupo está já instalado no mercado polaco há cerca de uma década, com a marca Biedronka, que representa, atualmente, mais de 60% dos seus negócios.

[Notícia sugerida pela utilizadora Helena Pinto]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub