Saúde

Gripe: Acordo vai facilitar acesso à vacinação

Segundo um comunicado divulgado na segunda-feira pela ONU, os países que pertencem à Organização Mundial da Saúde (OMS) vão partilhar amostras de vírus da gripe, num "acordo histórico"
Versão para impressão
Com este acordo, que foi negociado durante uma semana por Estados, laboratórios e a indústria farmacêutica, "o mundo estará em melhor posição para lutar contra a gripe sazonal e contra potenciais ameaças pandémicas, como o vírus H5N1", refere o documento.

O objetivo é "reforçar a resposta mundial" contra uma próxima pandemia e facilitar o acesso a vacinas essenciais, bem como a medicamentos antivirais, em especial para os países menos desenvolvidos.

"Os países em desenvolvimento têm frequentemente um acesso limitado às vacinas por várias razões: raramente têm capacidades próprias de fabrico, o abastecimento mundial pode ser limitado no caso de aumento brutal dos pedidos em caso de pandemia, e as vacinas podem atingir preços inacessíveis para certos países", frisa a OMS.

Além do acesso "mais equitativo às vacinas", o acordo visa garantir a circulação de amostras de vírus, que vão permitir "análises cruciais" para avaliação de risco e para o desenvolvimento das imunizações.

O processo para chegar a este acordo envolveu 193 países da OMS e começou já em 2007, depois da pandemia da gripe aviaria no sudeste asiático.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub