Desporto

Grécia: Português vence ultra-maratona histórica

Na madrugada deste sábado, o alteta João Oliveira fez história no atletistmo nacional ao vencer a mítica ultramaratona Spartathlon, na Grécia. O português terminou o percurso de 245 quilómetros que ligam Atenas a Esparta com um tempo de 23 horas, 29
Versão para impressão
Na madrugada deste sábado, João Oliveira fez história no atletismo nacional ao vencer a mítica ultramaratona Spartathlon, na Grécia. O português terminou o percurso de 245 quilómetros que ligam Atenas a Esparta com um tempo de 23 horas, 29 minutos e 8 segundos, cortando a meta com duas horas de avanço em relação ao segundo classificado. 
 
Até agora, a melhor marca do atleta flaviense de 36 anos era de 27 horas e 22 minutos, na edição de 2010, onde chegou ao fim em quarto lugar. Este ano, a histórica marca fê-lo ficar à frente dos alemães Florian Reus (25:29.54) e Stu Thoms (25:54.49).

A 31ª edição da Spartathon contou com um total de 321 participantes da melhor elite mundial de ultramaratonistas. Aquela que é uma das mais difícieis ultramaratonas de sempre segue os passos do soldado ateniense Pheidippides que, no ano de 490 a.C. foi enviado, de Esparta a Atentas, à procura de ajuda para defrontar os soldados persas na batalha de Maratona. 

O percurso inclui passagens por trilhos de grande dificuldade, vinhas e olivais, íngremes encostas e 1.200 metros de subida e descida pelo Monte Parthenio na calada da noite. A partida foi dada na Acrópole, em Atenas, na passada sexta-feira, e a meta na cidade de Esparta. 

Notícia sugerida por Luís Paulo

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub