Inovação e Tecnologia

Ginásio nos EUA gera eletricidade a pedalar

Num ginásio em Nova Iorque o exercício é aproveitado para produzir energia elétrica. "Reduza a cintura e o índice de carbono" é o mote da "Green Revolution", um projeto ecológico que pretende aliar o exercício à produção de eletricidade.
Versão para impressão
[Imagem: Green Revolution]

Num ginásio em Nova Iorque o exercício é aproveitado para produzir energia elétrica. “Reduza a cintura e o índice de carbono” é o mote da “Green Revolution”, um projeto ecológico que pretende aliar o exercício à produção de eletricidade.

 Segundo a AFP o mecanismo é simples: um sistema colocado na bicicleta de spinning transfere a corrente contínua do dínamo ativado pelos ciclistas a um transformador, que a converte em corrente alternada de 110 volts.

Graças a essa ideia, a academia recebe a corrente gerada por seus próprios alunos, consome menos eletricidade e economiza dinheiro.

Com quatro aulas diárias, a academia gera 300 kilowatts por mês, “que equivalem a energia necessária para iluminar uma casa durante seis meses”, garante Jay Whelan, presidente da empresa “Green Revolution”, que patenteou o sistema.

Os atletas estão entusiasmados. “Queimamos calorias e geramos eletricidade, é fantástico”, disse Richard Kronick, um arquiteto e cliente frequente do ginásio nova-iorquino. “É muito divertido, é um desafio útil”, salienta outra das clientes.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório