Cultura

Genebra recebe exposição inédita de arquiteto luso

Esta sexta-feira, a associação 'Maison de l'architecture' abre ao público uma exposição sobre o trabalho do arquiteto português Eduardo Souto de Moura. A mesma decorre no emblemático pavilhão Sicli, em Genebra, na Suíça, até ao próximo dia 12 de Junh
Versão para impressão
Esta sexta-feira, a associação 'Maison de l'architecture' abre ao público uma exposição sobre o trabalho do arquiteto português Eduardo Souto de Moura. A mesma decorre no emblemático pavilhão Sicli, em Genebra, na Suíça, até ao próximo dia 12 de Junho.
 
“A exposição combina duas outras anteriores e conta com uma cenografia especifica, adaptada à arquitetura do pavilhão Sicli” conta Lucie Rihs, administradora da 'Maison de l'architecture'.
 
Aos longos dos seus 35 anos de carreira, o arquitecto português tornou-se numa figura importante da arquitectura internacional, tendo inclusive recebido, em 2011,  o prémio Pritzker, equivalente do prémio Nobel para a classe dos arquitectos.
 
Em declarações à Lusa, Lucie Rihs defende que a obra de Eduardo Souto de Mouro se distingue particularmente pela sua capacidade de reunir características contraditórias, formas muito fortes e fineza do detalhe, “o que é fascinante desde de um ponto de vista arquitetural”.
 
Agora numa exposição única, o público genebrino vai poder admirar croquis, desenhos, maquetes e fotomontagem do arquitecto, numa prova de que “a arquitetura não é um mundo hermético”. 
 
A exposição encerra dia 12 de Junho com uma conferência de Eduardo Souto de Moura no emblemático pavilhão Sicli, desenhado nos anos 60.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub